04 de julho, de 2024 | 09:45

Estudo mostra que Ipatinga teve aumento de casos de violência contra idosos

Divulgação


O 12º Departamento de Polícia Civil de Ipatinga divulgou, na tarde desta quarta-feira (3), o quantitativo de ocorrências envolvendo pessoas idosas. O Delegado Gilmaro Alves, esclareceu que os dados se referem a todas as ocorrências em que maiores de 60 (sessenta) anos de idade figuram como vítimas, não apenas aqueles crimes previstos no Estatuto do Idoso.

Os dados mostram que nas cidades de Coronel Fabriciano, Timóteo e Santana do Paraíso houve uma ligeira queda quando analisados os anos de 2022 e 2023, enquanto Ipatinga apresentou uma ligeira alta. Considerando toda a regional (as dezesseis cidades), até meados de 2024, já haviam sido registradas 828 ocorrências, demonstrando queda nos números para 2024, se persistir o quantitativo para o segundo semestre.

As mesmas quedas também foram observadas nas cidades de Caratinga, Itabira, João Monlevade, Ponte Nova e Manhuaçu, sendo esta última a que apresentou maior índice de queda com 40%, de 2022 para 2023.

Reprodução Dados Estatísticos
Nota: Os dados referentes ao ano de 2024 foram considerados até o dia 19 de junhoNota: Os dados referentes ao ano de 2024 foram considerados até o dia 19 de junho


Cuidados

Segundo o Delegado, os cuidados com nossos idosos são essenciais para garantir que eles não sejam vítimas de crimes, especialmente em uma sociedade onde a vulnerabilidade dessa faixa etária pode ser explorada por criminosos, dentre esses cuidados podemos citar:

A Educação e Conscientização, vez que precisamos informar os idosos sobre os tipos comuns de golpes e fraudes, como telefonemas falsos, e-mails fraudulentos e visitas domiciliares de falsos profissionais.

Vigilância Familiar, ou seja, os familiares devem manter um diálogo aberto e constante com os idosos, orientando-os a não fornecer informações pessoais ou financeiras a estranhos.

Segurança Residencial, Orientá-los a nunca abrir a porta para desconhecidos e a sempre verificar a identidade de prestadores de serviços antes de permitir a entrada também, além de colocação de travas e sistemas de alarmas.

Publicado anteriormente:

https://diariodoaco.com.br/noticia/0107591-crimes-contra-idosos-crescem-na-regiao-metropolitana-do-vale-do-aco
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário