03 de julho, de 2024 | 16:44

Obras de modernização do Cemitério Municipal Sr. do Bonfim avançam em Fabriciano

Divulgação
Executada com recursos próprios da Prefeitura, a parte nova do Cemitério será integrada à parte antiga, que também receberá melhoriasExecutada com recursos próprios da Prefeitura, a parte nova do Cemitério será integrada à parte antiga, que também receberá melhorias

O Cemitério Municipal Senhor do Bonfim está com as obras avançadas em Coronel Fabriciano, conforme divulgado pelo governo local. O novo empreendimento público já está com a terraplanagem e serviços de drenagem prontos; agora, as atividades se concentram na execução das capelas velórios e fundação da área administrativa.

O secretário de Governança de Obras e Serviços Urbanos, Fabrício Farias, detalha a obra. “O projeto de ampliação contempla construção de quatro capelas velórios; área administrativa, sala de exumação, lanchonete, banheiros, portaria, paisagismo e amplo estacionamento. O investimento é de R$ 5 milhões em recursos próprios da Prefeitura de Fabriciano e é mais uma obra necessária e muito esperada pela população da cidade, já que o cemitério atual tem espaço restrito”, resume.

A nova parte do Cemitério é erguido na rua Araruama, onde antes funcionava a Secretaria de Governança de Obras e Serviços Urbanos – que hoje atende em nova sede, construída no loteamento Nova Fabriciano. A parte nova do Cemitério tem área de 9,6 mil m² e será integrada à parte antiga, que também receberá melhorias.

O prefeito Marcos Vinicius destaca a importância da obra pública e reforça que a execução é realizada de forma ordenada e respeitando as famílias das pessoas sepultadas. “A atual estrutura já não atende as necessidades presentes e futura da população de Fabriciano. Também pensamos no conforto dos enlutados e facilitar o acesso das pessoas às instalações do cemitério municipal”, explica.

Cemitério vertical
O novo Cemitério Municipal de Coronel Fabriciano será vertical. Após a conclusão das obras de ampliação, serão executadas, na próxima fase, 952 gavetas para sepultamento e 1.240 urnas ossuárias, permitindo a gestão eficiente e prolongada do espaço cemiterial. O projeto do novo Cemitério prevê a capacidade total de 1.904 gavetas para sepultamento e 2.400 urnas ossuárias, num investimento estimado de R$ 5,8 milhões.

Este sistema vertical possibilitará uma extensão da vida útil do cemitério para mais de 100 anos, graças ao uso eficiente do espaço e sem necessidade de expansão territorial, além de contribuir para a preservação do meio ambiente urbano. Neste sistema, o regime rotativo de sepultamento, onde os corpos são mantidos em gavetas por aproximadamente três anos antes de serem transferidos para ossuários.

Mais de 50 mil pessoas sepultadas
A modernização e ampliação do Cemitério Municipal Sr. do Bonfim é necessária para a cidade e aguardada há décadas pela população fabricianense. Segundo registros históricos, o principal cemitério público do município data de 1965 e com as décadas de uso sem ampliação, a atual estrutura já não comporta a demanda atual há anos.

Atualmente, o município enfrenta uma severa limitação de espaço para sepultamentos, com apenas 1.418,80 m² disponíveis para novos sepultamentos. A taxa de utilização anual é de 761 sepultamentos, o que indica que esse espaço será esgotado rapidamente, o que motivou o governo a tomar uma solução para maximizar o uso do espaço existente e ampliação da capacidade futura.

Para realizar o projeto de ampliação e modernização do cemitério, o Executivo destaca que fez um mapeamento e um registro completo dos proprietários de jazigos perpétuos no local. Segundo levantamento, realizado em 2023/2024, atualmente existem cerca de 50 mil pessoas sepultadas no Cemitério Sr. do Bonfim.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Boachá

04 de julho, 2024 | 21:37

“Essa obra me fez lembrar da Novela o Bem-Amado e seu icônico personagem Odorico Paraguaçu, prefeito da fictícia cidade de Sucupira que se elegeu prometendo construir um cemitério na cidade e com o seguinte jargão: Vote num homem sério e ganhe um cemitério.
A vida imita a arte.”

Bom

03 de julho, 2024 | 22:07

“PRA FICAR MELHOR AINDA, O PREFEITO DEVERIA TIRAR A ESCOLA FRANCISCO LETRO DAQUELE LOCAL SINISTRO.
AS CRIANÇAS NÃO MERECEM ESTUDAR E TER DE FUNDO UM CEMITÉRIO NOJENTO.
PRA MIM É ATÉ PERIGOSO, POEIRA OU AGUA DE CHUVA CONTAMINADOS.”

Envie seu Comentário