01 de julho, de 2024 | 15:16

Orquestra é atração com música contemporânea e estreia mundial

Divulgação SESI
A Orquestra Sesiminas é a mais tradicional do estadoA Orquestra Sesiminas é a mais tradicional do estado
A Orquestra Sesiminas, em parceria com a Fundação de Educação Artística (FEA) e a Escola de Música da UFMG, apresenta o concerto “Minas Contemporânea”. A apresentação gratuita será realizada na próxima quinta-feira (4), às 19h, na Sala Sérgio Magnani da FEA, em Belo Horizonte.

O programa do concerto homenageia compositores mineiros, destacando obras como “Canto Diviso”, de José Padovani, e “Sortilégios da Lua”, de Oiliam Lanna. Uma estreia mundial será a execução da peça “Entre a Tormenta”, de Igor Maia. “O repertório inclui três obras de compositores atuantes em Minas Gerais, trazendo música contemporânea do século XXI ao público de Belo Horizonte. É um concerto gratuito e uma grande oportunidade de ouvir a estreia mundial de uma obra,” comenta Felipe Magalhães, maestro e diretor artístico da Orquestra Sesiminas.

Fundada em 1986 pelo maestro Marco Antônio Maia Drumond, a Orquestra Sesiminas é o grupo orquestral mais tradicional de Minas Gerais, com mais de 1.200 concertos realizados em diversos locais como pátios de fábricas, canteiros de obras, espaços públicos, hospitais, escolas, além das principais salas de concerto do estado. Desde 2020, o grupo é regido e dirigido artisticamente pelo maestro Felipe Magalhães. A programação da Orquestra foi reformulada em 2023, organizando a temporada em quatro séries de concertos.

SERVIÇO
Concerto Minas Contemporânea
Data: 4 de julho - quinta-feira
Horário: 19h
Local: Sala Sérgio Magnani - rua Gonçalves Dias, 320, Funcionários, BH
Ingressos gratuitos
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário