12 de junho, de 2024 | 15:15

Minas fatura R$ 5 bilhões com o turismo da fé por ano

Manoel Marques/Imprensa MG
Riqueza histórico-cultural atrai cada vez mais turistasRiqueza histórico-cultural atrai cada vez mais turistas
O turismo da fé é uma potência em Minas Gerais, que, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), se mantém na liderança do crescimento do setor turístico, superando em 15 vezes a média nacional em fevereiro deste ano. De acordo com dados do Observatório de Turismo de Minas Gerais, 36% dos viajantes que chegam ao estado têm como principal motivação conhecer os locais e as festas de riqueza histórico-cultural, incluindo bens e eventos religiosos, gerando movimentação econômica de cerca de R$ 5 bilhões por ano.

Em 2024, a segunda edição do programa Minas Santa, um dos propulsores do turismo da fé no estado, motivou uma movimentação turística de 500 mil pessoas no período da Semana Santa. As 660 ações chegaram a cerca de 600 municípios participantes da campanha, posicionando Minas Gerais como o principal destino turístico do país no feriado.
Daniel Postigo
Eventos religiosos movimenta setor da economia criativaEventos religiosos movimenta setor da economia criativa
Em Minas Gerais, os viajantes encontram rotas estruturadas especialmente para o turismo da fé. Há diversas opções no estado e os percursos podem ser feitos de carro, a pé, de bike ou a cavalo. Atualmente são 11 rotas da fé cadastradas no estado: Rota da Peregrinação, Caminho Religioso da Estrada Real (Crer), Caminho da Luz, Caminho da Fé, Caminho de Nhá Chica, Caminhos de Padre Victor, Caminhos de Padre Libério, Santuário da Mãe Rainha, Rota Nos Passos de Dom Viçoso, Caminho das Capelas e Caminhos Franciscanos.

Música e oração
Considerado o maior festival de música e oração da América Latina, o Ore Comigo Music Festival desponta como um dos principais eventos no estado, capaz de movimentar a economia da criatividade e do entretenimento e a ocupação hoteleira em Belo Horizonte, palco da segunda edição. O encontro de fé e canção acontece no dia 22/6 (sábado da próxima semana), no estádio Mineirão. Em 2023, o festival gerou cerca de mil postos de trabalhos diretos, arrecadou mais de 16 toneladas de alimentos não perecíveis para doação e reuniu, aproximadamente, 60 mil pessoas.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário