11 de junho, de 2024 | 07:00

'Firma milionária' do tráfico é alvo da Polícia Federal em Minas Gerais

Ilustração / Divulgação
A operação Cafua cumpre hoje (11/6) mandados de busca, apreensão, lacração e suspensão de 24 estabelecimentos comerciais, além da indisponibilidade de bens de pessoas físicas e jurídicas no montante de R$ 260 milhõesA operação Cafua cumpre hoje (11/6) mandados de busca, apreensão, lacração e suspensão de 24 estabelecimentos comerciais, além da indisponibilidade de bens de pessoas físicas e jurídicas no montante de R$ 260 milhões

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO/MG), coordenada pela Polícia Federal com participação da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Penal e outros órgãos de segurança, deflagrou nesta terça-feira (11), a operação Cafua que teve por objetivo apurar os crimes de lavagem de dinheiro e organização criminosa praticados por um grupo criminoso em Minas Gerais. O alvo é o topo da pirâmide do tráfico.

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela 2ª Vara de Tóxicos, Organização Criminosa e Lavagem de Bens e Valores da Comarca de Belo Horizonte, nos municípios mineiros de Pará de Minas, Lagoa Santa e São José da Lapa.

Também foram cumpridos mandados judiciais que determinavam a lacração e suspensão das atividades de 24 estabelecimentos comerciais e a indisponibilidade de bens de 31 pessoas físicas e jurídicas no montante de R$ 260 milhões.

“O esquema criminoso refere-se à lavagem de dinheiro decorrente de crimes, especialmente o tráfico de drogas praticados pela organização criminosa no estado mineiro. A operação é um desdobramento da operação Caixa Forte, deflagrada em 2019, que objetivou investigar o tráfico de drogas realizado pelo grupo criminoso na região metropolitana de Belo Horizonte”, informa nota divulgada pela PF.

Divulgação
A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado é uma força-tarefa coordenada pela Polícia Federal e composta pela Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia PenalA Força Integrada de Combate ao Crime Organizado é uma força-tarefa coordenada pela Polícia Federal e composta pela Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Penal

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Sacapó

11 de junho, 2024 | 08:48

“A firma é rede de farmácias?”

Envie seu Comentário