11 de junho, de 2024 | 07:59

PC prende padrasto suspeito de estuprar duas enteadas em Coronel Fabriciano

Divulgação Polícia Civil
O mandado de prisão preventiva foi cumprida na segunda-feira contra o investigadoO mandado de prisão preventiva foi cumprida na segunda-feira contra o investigado

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da Delegacia de Coronel Fabriciano, cumpriu na segunda-feira (10) um mandado de prisão preventiva contra um jovem de 26 anos. O investigado é suspeito de estuprar suas duas enteadas, de 7 e 10 anos de idade.

A investigação teve início em 3 de junho, segunda-feira da semana passada, quando a equipe de Conselheiros Tutelares comunicou à Delegacia de Polícia sobre os abusos sofridos pelas crianças. Os policiais civis agiram prontamente para coletar os primeiros elementos de provas, concentrando as suspeitas no padrasto. Segundo as investigações, o homem aproveitava a ausência da companheira, mãe das crianças, que trabalha à noite, para cometer os crimes.

Os policiais civis destacaram a ação rápida e eficiente dos Conselheiros Tutelares fornecendo as primeiras informações que permitiram à Polícia Civil tomar as medidas investigativas necessárias. A partir dessas informações, a autoridade policial representou pela prisão preventiva do suspeito, obtendo uma resposta rápida do Judiciário.

A Polícia Civil destacou a importância do comprometimento de todos os envolvidos na rede de proteção, enfatizando que a colaboração eficaz é fundamental para a promoção integral da proteção de crianças e adolescentes. “Fazendo com que crimes dessa natureza sejam esclarecidos e seus autores colocados fora do convívio das vítimas”.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Cuidado Com o Que Desejam

11 de junho, 2024 | 09:38

“O homem é "SUSPEITO" senhoras e senhores. Já pararam para pensar que amanhã pode surgir outra versão? Que tal a versão de um conhecido meu, que também foi preso porque a desgraça da amásia dele inventou um caso desses? Vamos com cuidado. Hoje é uma vítima, amanhã pode ser você. A mentida de uma mulher vale mil verdades de um homem. Primeiro, a investigação e o devido processo. Depois, a condenação.”

Sincero

11 de junho, 2024 | 09:14

“Chega no presídio esses "lixos" têm todos os direitos resguardados. Café, almoço e janta de boa qualidade, médio, enfermeiras, psicólogos à disposição. Quem paga essa conta somos nós juntamente com as vítimas.”

Rx

11 de junho, 2024 | 09:12

“Parabéns pela resposta rápida das autoridades.
Mas aqui já estou imaginando o fim desse monstro.
Caixão e vela preta.”

Envie seu Comentário