EXPO USIPA PERSONAGEM 1 02  - 728X90

03 de junho, de 2024 | 14:27

Dia do Meio Ambiente será marcado com passeata ecológica em Timóteo

Divulgação
Ação será promovida na quarta-feira pelas ruas da cidadeAção será promovida na quarta-feira pelas ruas da cidade

Como parte das comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado na próxima quarta-feira, 5 de junho, a administração de Timóteo promove uma ação com o objetivo de refletir sobre os problemas ambientais e a necessidade de a população fazer também a sua parte para preservar o ambiente.

Na quarta, entre 9h e 10h, está programada uma passeata ecológica na Alameda 31 de Outubro, no Centro Norte, com a presença dos alunos das Escolas Estaduais Capitão Egídio Lima e Antônio Silva e do Centro Federal de Educação Teconológica de Minas Gerais (Cefet), campus Timóteo, representantes da Polícia Militar de Meio Ambiente, dos parceiros do Plano Integrado de Educação Ambiental (PIEA) de Timóteo, além das Subsecretarias de Meio Ambiente e de Limpeza Urbana.

Além da passeata, que ocorrerá no centro comercial da cidade com faixas e mensagens de preservação ao meio ambiente, haverá uma breve apresentação dos alunos da Escola Egídio Lima. O objetivo é chamar a atenção dos cidadãos para as causas ambientais por meio dos alunos que são a chave para um futuro mais sustentável, como a reciclagem, cuidado com a água e respeito com a natureza.

Durante o mês de junho serão promovidas ações previstas pelo Plano Integrado de Educação Ambiental como blitzen educativas em diversos pontos da cidade. Também foram desenvolvidas atividades nas escolas com palestras sobre a coleta seletiva e sobre a importância da manutenção de recursos hídricos.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Rodrigo

04 de junho, 2024 | 06:53

“Parabéns pela ação! E a APA? Precisamos lembrar da tragédia no Rio Grande do Sul.”

Envie seu Comentário