Expo Usipa 2024 02 - 728x90

02 de junho, de 2024 | 11:27

Estelionatário volta a atacar em Ipatinga com o golpe da troca do cartão bancário

Desta vez a vítima do golpe da troca do cartão de banco foi uma mulher de 47 anos, residente no bairro Vila Celeste. I.S. informou que foi ao setor de caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal, no bairro Cidade Nobre, para fazer uma operação. No entanto, devido à dificuldade que apresentava no uso do sistema, um indivíduo se aproximou e ofereceu ajuda, o que ela aceitou.
Arquivo DA
A principal orientação é: ''Não aceite ajuda de estranhos e jamais repasse as senhas dos cartões, nem deixe à mostra os dados bancários enquanto faz operações nos caixas''A principal orientação é: ''Não aceite ajuda de estranhos e jamais repasse as senhas dos cartões, nem deixe à mostra os dados bancários enquanto faz operações nos caixas''


Logo após a cliente sair do interior da agência bancária, o marido da vítima percebeu notificações de compras sendo realizadas em seu nome. Ao investigar, descobriram que o homem que ofereceu “ajuda”, após auxiliar a mulher no caixa eletrônico, entregou-lhe outro cartão que não pertencia ao marido dela.

Aproveitando-se do fato de que a vítima havia informado a senha durante a ajuda, o estelionatário utilizou o cartão do casal para efetuar compras.

A mulher solicitou o bloqueio do cartão para evitar novas transações e acionou a Polícia Militar, que fez o registro do caso.

Os policiais descobriram que o cartão entregue à vítima foi justamente um cartão furtado no dia anterior, de outra vítima que caiu no mesmo golpe. Ficou evidenciado que se trata do mesmo golpista que age na cidade há alguns dias, dando prejuízo a várias vítimas.

Seguidos golpes com a troca do cartão



Conforme já noticiado pelo Diário do Aço, seguidos golpes têm sido registrados em Ipatinga com essa modalidade. As vítimas são principalmente idosos e pessoas de outras faixas etárias que enfrentam dificuldades com os caixas de autoatendimento bancário.

Bem vestido e disposto a “ajudar”



O marginal que age nas agências bancárias da região é moreno claro, tem aproximadamente 1,75 metro de altura e aparentava ter por volta de 40 anos.

Ele é bem solícito e disposto a “ajudar” as vítimas. Anda sempre bem vestido e quando deu o golpe na vítima no Cidade Nobre, usava um fone de ouvido grande, na cor cinza.

O valor total das compras feitas no cartão da vítima foi de R$ 3.266. Em outras duas ocorrências já noticiadas, um idoso perdeu R$ 1.000 em um dia e, no dia anterior, outro idoso perdeu R$ 23 mil.

Orientações para não cair em golpes



A principal orientação é que as pessoas não aceitem ajuda de estranhos dentro das agências bancárias. Jamais informem senhas e dados pessoais para desconhecidos. Quanto aos idosos, os familiares devem alertá-los sobre a ação de golpistas e, em alguns casos, devem acompanha-los, quando forem aos bancos.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Geraldo

02 de junho, 2024 | 19:07

“conheço um indivíduo de caratinga que foi vítima desse vagabundo na CEF de lá.”

Roberto Sampaio

02 de junho, 2024 | 15:36

“O infeliz deve mudar sempre a aparência, por que o big brother, perde para os bancos em matéria de gravação, até no caixa eletrônico tem câmera, será por que ataca cliente do Banco Privado, essa eu gostaria de saber.”

Gilmar

02 de junho, 2024 | 12:38

“Eu Caio neste golpe,pois só tenho dinheiro para comprar comida.”

Joanas

02 de junho, 2024 | 12:33

“Essas pessoas ja sabe que nao vai ficar na cadeia continuara fazendo isso. Assim nao precisa trabalhar e ganha um bom dinheiro.”

Envie seu Comentário