EXPO USIPA PERSONAGEM 1 02  - 728X90

23 de maio, de 2024 | 17:02

Centro de Acolhimento Transitório de Animais é inaugurado em Ipatinga

Divulgação
Inauguração do CATA marca mais um avanço de Ipatinga em favor da causa animalInauguração do CATA marca mais um avanço de Ipatinga em favor da causa animal

Em solenidade nesta quinta-feira (23), foi inaugurado o primeiro Centro de Acolhimento Transitório de Animais (CATA) do Vale do Aço. O prefeito Gustavo Nunes (PL) compareceu à cerimônia de início de funcionamento do canil municipal na av. Simón Bolívar, 713, no bairro Cidade Nobre, enfatizando a relevância da obra para a comunidade e os animais em situação de rua. As informações são da administração municipal.

O equipamento, pronto para entrar em funcionamento, integra a Seção de Controle de Zoonoses e ocupa uma área de aproximadamente 200 m². O espaço conta com oito baias destinadas ao acolhimento temporário de cães e gatos, incluindo canis para adultos e filhotes, expurgo, almoxarifado, gatil coletivo, gatil de isolamento e uma sala de depósito. A iniciativa segue as diretrizes do PRODEVIDA, programa que tem o objetivo do controle populacional de animais. Para a construção da estrutura foram investidos mais de R$ 420 mil em recursos de emendas impositivas.

“O CATA é mais um passo significativo da administração em defesa dos animais. É muito importante que a população também se conscientize sobre a posse responsável e os cuidados necessários aos animais”, destacou o prefeito. “A implantação do CATA reflete nossa preocupação tanto com o cuidado com os animais quanto o atendimento a demandas dos moradores de Ipatinga”, completou.
Divulgação
O espaço conta com oito baias destinadas ao acolhimento temporário de cães e gatos O espaço conta com oito baias destinadas ao acolhimento temporário de cães e gatos


CATA
Entre as ações está o recolhimento de animais de rua para castração, vacinação e identificação, antes de serem devolvidos ao local de origem, seguindo o conceito CED (Capturar, Esterilizar e Devolver).

Conforme a médica veterinária Shara Regina, o canil/gatil tem o objetivo de acolher temporariamente animais agressores ou sem tutor identificado, para observação por até dez dias. “O CATA serve como uma casa de passagem, onde os animais recebem tratamento adequado e são reintegrados ao ambiente externo”, detalhou.

“Essa abordagem é fruto de anos de estudo e está alinhada com a legislação estadual e municipal, garantindo que o serviço prestado seja exclusivo e eficaz para a realidade do Vale do Aço”, concluiu a veterinária.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Nana

24 de maio, 2024 | 13:23

“Parabéns pela iniciativa e que sirva de exemplo para outras cidades, Aqui em Santana do Paraíso as ruas estão cheias de cachorros de rua e ninguém faz absolutamente nada. Algumas almas nobres fazem o que podem para amenizar o sofrimento dos bichinhos< mas não chega nem perto da demanda. A prefeitura lava as mãos e nada fazem pelos animais aqui na cidade. A única coisa que podemos contar é com a vacina anti rábica anual, no mais absolutamente nada!”

Sem Lei

24 de maio, 2024 | 13:09

“420 mil reais gasto em meia dúzia de gaiolas com esse dinheiro deve construir umas 20 casas populares”

Aca.

24 de maio, 2024 | 09:23

“Complicado administrar onde se tem pessoas negativas em tudo que se faz. Ate comer os bichos querem. Esse deve ter fartura em casa.
CREDUUUU!!!”

Ronilson Silveira Lagr

24 de maio, 2024 | 08:40

“Parabéns ao prefeito e todos os envolvidos neste projeto quem tem animais e gosta com certeza sabem a importância do cuidado nota 10 aprovado”

Denise de Cássia Silva

24 de maio, 2024 | 05:39

“Parabéns pela iniciativa prefeito! Se Deus quiser irá dar muito certo o projeto .”

Gozador

23 de maio, 2024 | 23:59

“Com tanta gente passando fome já passou da hora de discutirmos o consumo da proteína animal de baixo custo na alimentação dos brasileiros. A carne canina e felina poderia suprir a carência alimentar da população mais carente e ainda resolveria o problema da superpopulação de animais transmissores de leishimaniose e toxoplasmose. Tá lançada a campanha..."Lugar de cão e gato é no prato!"...kkk”

Rodrigo

23 de maio, 2024 | 21:10

“Gustavo Nunes está parecendo o bolsoAsno que não tinha nenhuma obra importante realizada por ele e inaugurava até ponte de madeira feita pelo exército.”

Atenta

23 de maio, 2024 | 20:44

“Manda o "CATA", vir catar os cachorros abandonados na Avenida Forquilha. Vai lotar aí.”

Graças

23 de maio, 2024 | 18:58

“No papel escrito está muito bonito, quero ver se vai recolher os animais na rua,nas periferias é o que mais têm.”

Shesheu

23 de maio, 2024 | 18:15

“Grande obra!!! Esse prefeito está inaugurando até buracos que tampam na rua.
Eita gente, o que a eleição não faz!”

Stop

23 de maio, 2024 | 17:53

“só de ir na padaria já encontra mais de 8 cachorros abandonados, isso porque sou vizinho de uma padaria”

Envie seu Comentário