Expo Usipa 2024 02 - 728x90

22 de maio, de 2024 | 13:58

Operação School's Out prende em flagrante investigado pela prática dos crimes de armazenamento e posse de conteúdo de exploração sexual infanto-juvenil

MPMG
A ação, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate aos Crimes Cibernéticos (Gaeciber) do MPMG e pela Promotoria de Justiça de DivinoA ação, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate aos Crimes Cibernéticos (Gaeciber) do MPMG e pela Promotoria de Justiça de Divino

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) deflagrou na manhã de hoje, 22 de maio, a operação School’s Out, na qual foi cumprido mandado de busca e foi preso em flagrante um professor investigado pela prática dos crimes de armazenamento e posse de conteúdo de exploração sexual infanto-juvenil.

Na casa do suspeito, em Divino, na Zona da Mata, foi apreendido vasto material contendo cenas de nudez e de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes. No local também foram apreendidos indícios de uso de drogas e de aliciamento de menores para a produção de vídeos de conteúdo sexual.

A ação, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate aos Crimes Cibernéticos (Gaeciber) do MPMG e pela Promotoria de Justiça de Divino, contou com a participação de três promotores de Justiça, seis policiais militares e um policial civil.
MPMG
Na casa do suspeito, em Divino, na Zona da Mata, foi apreendido vasto material contendo cenas de nudez e de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes.Na casa do suspeito, em Divino, na Zona da Mata, foi apreendido vasto material contendo cenas de nudez e de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes.


A investigação iniciou-se a partir do acionamento do MPMG pela mãe de uma vítima, narrando suposto assédio sexual praticado pelo investigado contra seu filho, em conversas nas quais o suspeito teria solicitado ao adolescente, para revenda, fotografias de partes íntimas, mediante promessa de pagamento, bem como o teria instigado ao uso de drogas.

As investigações continuam em curso após a apreensão dos telefones celulares, computadores e HDs, que serão submetidos à extração e análise.

Com informações do Ministério Público de Minas Gerais
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário