EXPO USIPA PERSONAGEM 2 - 728X90

22 de maio, de 2024 | 11:20

Aperam afirma que nova tecnologia evita o lançamento de 2,9 toneladas de poeira no meio ambiente

Elvira Nascimento
Empresa alega uma redução substancial nas emissões de poeira: uma diminuição de 2,9 toneladas em um único filtro em comparação com o ano anterior.Empresa alega uma redução substancial nas emissões de poeira: uma diminuição de 2,9 toneladas em um único filtro em comparação com o ano anterior.


A Assessoria de Comunicação Social da Aperam South America, divulgou que a empresa conseguiu evitar a emissão de 2,9 toneladas de poeira na atmosfera com a implantação de uma tecnologia inovadora no processo de fabricação de aço, na usina de Timóteo. A assessoria disse também que com a iniciativa, a empresa reforça o compromisso de trabalhar incansavelmente pela mitigação dos impactos de suas operações no meio ambiente.


O projeto concentrou-se na área de Redução, onde os alto-fornos processam as matérias-primas para a produção de gusa. Determinados a cumprir o quanto antes a meta global da Aperam, de reduzir em 72% a emissão de poeira canalizada, gerada na indústria até 2030, a equipe se debruçou sobre o desafio de aumentar a eficiência do sistema de filtragem de finos de carvão vegetal gerados nos sistemas de abastecimento dos alto-fornos.


O líder do projeto Gabriel Simão, Engenheiro de Manutenção Mecânica na Aperam, explica que a equipe criou um modelo preditivo avançado que permitiu a identificação antecipada e automática de falhas nesse setor, evitando que o pó do carvão vegetal gerado nas movimentações internas das transferências das correias transportadoras no circuito de beneficiamento fosse emitido para o meio ambiente.
"Buscamos desenvolver soluções tecnológicas personalizadas que nos permitiram superar desafios e alcançar resultados extraordinários, sem a necessidade de novos recursos”, comemora.
Elvira Nascimento
Equipe da Aperam que desenvolveu a tecnologiaEquipe da Aperam que desenvolveu a tecnologia


Ainda conforme a nota da Aperam, até então, o processo envolvia a análise manual de câmaras individuais de filtragem, desativação temporária delas e inspeção minuciosa das mangas. Essa abordagem causa desgaste nas mangas, leva a diagnósticos imprecisos e problemas no sequenciamento do sistema de limpeza.

Resultado

A Aperam destaca que os resultados, referentes a apenas um sistema de filtragem, que foi um projeto piloto, são impressionantes. São eles:

- Redução Drástica no Tempo de Detecção de Falhas: De 4 horas para 8 minutos, permitindo uma resposta rápida e eficaz a quaisquer problemas identificados.
- Aumento Significativo na Precisão da Detecção de Falhas: De 60% para 95%, indicando uma maior confiabilidade e precisão no monitoramento.
- Redução Substancial nas Emissões de Poeira: Uma diminuição de 2,9 toneladas em um único filtro em comparação com o ano anterior, contribuindo para uma redução global de mais de 80%.

Conquista

O presidente da Aperam South America, Frederico Ayres Lima, comentou essa conquista, que insere cada vez mais a Aperam no modelo de economia circular: “Este projeto incrível foi premiado no Continuous Improvement Challenge, nosso programa interno que tem como objetivo contribuir para o desafio global de melhoria contínua da Aperam. Parabenizo e agradeço às equipes por nos ajudarem a construir as soluções exigidas pela indústria do futuro".

Qualidade do ar - o que já foi publicado

O anúncio da Aperam é feito dois meses depois que um estudo apontou que Timóteo está entre uma das cidades brasileiras com o ar mais poluído no Brasil.

Conforme o relatório da World Air Quality, o município de Timóteo tem índice de material particulado no ar, equivalente a 10,1 e excede de 2 a 3 vezes o parâmetro da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O número coloca o município do Vale do Aço entre um dos mais poluídos no Brasil, numa lista que tem predominantemente municípios do estado de São Paulo, dentre eles, Guarulhos e Cubatão.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Zezé do Picolé

23 de maio, 2024 | 15:20

“Este foi apenas um passo de uma longa corrida.
Vamo que vamo!”

Observador

23 de maio, 2024 | 11:25

“Observando os comentários, vemos que hoje não se acreditam em tudo que postam ou falam. Querem comprovação na prática. Que bom, fico feliz em ver isso.”

Zé Doido

23 de maio, 2024 | 11:18

“Estranhamente a pouco tempo atrás foi divulgada uma matéria que trazia Timóteo como sendo uma das cidades mais POLUÍDAS do Brasil, agora vem a Aperam com essa estorinha pra boi dormir.

#AperamPoluiDemais
#TimóteoRespiraPóPreto
#AperamMata
#AçoVerdeMeusZovo”

Elmiro Rosa de Oliveira

23 de maio, 2024 | 09:09

“Não basta espalhar propagando, é preciso comprovar, é necessário informar qual a quantidade lançada diariamente, quanto será reduzido e qual o impacto desta medida em nossa vida, recentemente foi publicada uma noticia em jornal que Timóteo foi a cidade mais poluída do Brasil em 2023, insto esta me cheirando desculpa esfarrapada, cadê a comprovação?”

Xisto

23 de maio, 2024 | 08:42

“Na teoria as barragens estavam uma uva, na prática acabou com Mariana e Brumadinho. Acredite se quiser.”

Tião Aranha

22 de maio, 2024 | 20:11

“Está muito cedo pra elogiar. Gosto de ver é a prática do discurso, normalmente demagógico. É obrigação do poder público fiscalizar quando ocorre a calamidade pública, pois, é a saúde da população que está em risco. O que não falta nesta cidade é puxa-sacos. Rs.”

Zé Doido

22 de maio, 2024 | 17:50

“Mentira, isso é propaganda enganosa, essa empresa é lero lero puro, não respeita o meio ambiente, seus colaboradores e nem os moradores, quem duvidar é só ficar no final do dia próximo da portaria 3, saída pra Cachoeirinha e verão o pó preto subindo, ainda, lá dentro é pior, só quem trabalhou ou trabalha lá que sabe da realidade.
Lá dentro só tem ciclovia numa única rua, resto, os ciclistas disputam espaço com carros, máquinas, caminhões, etc...
Eles falam que produzem o "aço verde", só se for em relação as "verdinha$", porque lá é tudo preto, tudo sujo e mal cuidado, parece uma empresa pré-histórica, seja pelas construções, seja pelos equipamentos.
Se alguém duvidar, entra lá algum dia e verá com os próprios olhos.”

Jorge Célio

22 de maio, 2024 | 16:01

“Parabéns a todos pelo resultado alcançado. Uma equipe competente, motivada e engajada com as diretrizes da empresa. Esta melhoria é muito importante para a empresa e a comunidade!”

Marcelino

22 de maio, 2024 | 12:36

“?tima notícia para a cidade de Timóteo...parabéns á toda equipe da Aperam pela busca dessa solução para a melhoria do ar no município....que essas ações estejam sempre presentes...desenvolvimento com sustentabilidade...”

Envie seu Comentário