12 de maio, de 2024 | 11:00

Mãe, o santuário divino

Mauro Falcão *


No vasto e complexo mundo da criação, a figura materna é o epicentro da congregação dos elementos necessários para dar origem a vida. O surgimento de um novo ser não se dá por antagonismo, mas sim pela convergência de elementos compatíveis que se combinam e unem-se.

A associação destes inúmeros fatores, eclodem das forças naturais. O eletromagnetismo feminino atrai exatamente aquele ser apto para o laço familiar evolutivo. Semelhante a uma turbina de geração energética, magnetizando de forma seletiva a fisiologia e a paragenética, resultando em uma herança de si mesmo. Isso decorre do acúmulo de experiências, aprendizados e tendências capazes de influenciar a manifestação de uma nova consciência, emergindo assim uma nova vida física e intrafísica.

"Em outras palavras, o ventre materno é como um santuário, onde as correntes espirituais atuam"


Em outras palavras, o ventre materno é como um santuário, onde as correntes espirituais atuam. Ali é formado um refúgio, um abrigo sob as asas da proteção Divina. Com esse ambiente acolhedor, as linhas do destino se incorporam com as fibras da alma, iniciando a transformação da existência.

Neste sagrado convívio, somos envolvidos por um amor que transcende os limites do tempo e do espaço, uma essência que nos guia e nos protege em todas as etapas da vida. Como seres luminescentes, refletimos a luz materna, assimilando os ensinamentos sublimes que moldam nossos caminhos.

Assim, reiniciamos a jornada que nos levará a “habitar no esconderijo do Altíssimo”, encontrando a segurança necessária nos braços Celestiais. Em uma dança eterna de amor e gratidão, pais e filhos se unem, entrelaçando os fios dourados do destino em uma harmonia que ecoa através dos tempos.

* Escritor brasileiro

Obs: Artigos assinados não reproduzem, necessariamente, a opinião do jornal Diário do Aço
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário