Expo Usipa 2024 02 - 728x90

07 de maio, de 2024 | 16:00

Amazonas paga pensão alimentícia em atraso para liberação de Jô da cadeia

Reprodução Amazonas
Jogador deveria R$ 20 Mil  de pensão para o sexto filho fora do casamentoJogador deveria R$ 20 Mil de pensão para o sexto filho fora do casamento

A principal notícia de um dos dois jogos da rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desta segunda-feira (6), veio do meio policial. O atacante Jô, 37 anos, ex-Galo, Corinthians e Internacional, foi preso assim que chegou ao estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, onde o clube amazonense enfrentaria a Ponte Preta. O clube campineiro venceu o jogo por 3 a 0.

O motivo: R$ 20 mil de pensão alimentícia em atraso de um dos seis filhos do jogador fora do casamento. A ordem judicial partiu da cidade baiana de Itagibá, localizada a 380km de Salvador, onde o atacante teve o sexto filho fruto de um relacionamento extraconjugal, com a modelo e influenciadora digital Maiara Quiderolly, de 26 anos.

A gravidez veio a público em junho de 2022 e causou, inclusive, a separação parcial do atleta com a esposa Claudia Silva, com quem vivia há 16 anos. O casamento, logo depois, foi reatado. O filho em questão, João Gabriel, nasceu em dezembro de 2022.

Quitação
O Amazonas, por meio de suas mídias sociais, informou, no início da tarde desta terça-feira (7), que, orientado pelo seu departamento jurídico, quitou a dívida do seu jogador e aguardava o alvará de soltura. Jô, após exame de corpo de delito no IML de Campinas, ficou detido no 2º distrito policial.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário