07 de maio, de 2024 | 12:00

Comemorando a língua portuguesa

Luiz Carlos Amorim *


Dia 5 de maio foi o Dia da Língua Portuguesa. Esta data celebra a importância cultural e histórica para toda a Comunidade de países lusófonos, países que falam a Língua Portuguesa. Se pensarmos na beleza e na importância dela, temos tudo a comemorar. O português é falado por mais de 280 milhões de pessoas no mundo. É a quinta língua mais falada no planeta, a terceira no hemisfério ocidental e a mais falada no hemisfério Sul da Terra. E é a língua que tem a palavra “Saudade”, nascida em Portugal, nosso avozinho. Palavra que só existe em português e que as outras línguas têm muita dificuldade para traduzir.

O português falado e escrito no Brasil, que veio com os colonizadores portugueses, recebeu a influência e a contribuição de diversas outras línguas, especialmente do tupi falado pela maioria das nações indígenas espalhadas pelo país, antes da chegada do colonizador, bem como do idioma ioruba dos povos africanos que para cá foram trazidos como escravos. Foi um longo processo que se estendeu ao longo de quase quatro séculos. Mas não foram só as influências africanas e indígenas que ajudaram a moldar o português do Brasil. No século 19, nossa língua também foi influenciada pelo francês, falado pela elite do país. Já no início do século 20, vieram as contribuições dos imigrantes, como dos italianos e alemães, que se estabeleceram nas regiões Sudeste e Sul.

“Não é uma diferença insignificante: muitas palavras que são faladas lá não são usadas aqui e vice-versa...o que falamos no Brasil é um dialeto da língua matriz falada em Portugal”


Daí as diferenças que existem entre o português falado no Brasil e o português falado em Portugal. Não é uma diferença insignificante: muitas palavras que são faladas lá não são usadas aqui e vice-versa, no Brasil, algumas palavras significam uma coisa e em Portugal significam outra. Eu já morei por alguns anos em Portugal e costumo dizer que o que falamos no Brasil é um dialeto da língua matriz falada em Portugal. São muitas diferenças, o que não impede a compreensão e a comunicação de ambos os lados. Até porque as novelas do Brasil são apresentadas todas na terrinha e a TV a cabo portuguesa tem um canal da Globo que só tem novelas. Então o português falado no Brasil já é mais bem absorvido por lá. Já o contrário não é verdade. É claro que há palavras brasileiras que não se pode falar lá, mas tudo bem. Só temos que saber quais são.

Nas últimas décadas, é a influência do inglês que se faz sentir mais. A língua portuguesa originou-se do latim, o idioma que o Império Romano difundiu por todo o continente europeu por volta do século 3 a.C. E o latim já havia sofrido influência do grego.

Então, comemoramos a nossa língua portuguesa, nosso maior patrimônio. Mas nós também a comemoramos no dia 21 de maio, consagrado como o Dia da Língua Nacional ou da Língua Mãe, que no nosso caso é o português. E viva a Língua Portuguesa!

* Escritor, editor e revisor, cadeira 19 na Academia Sul Brasileira de Letras, Fundador e presidente do Grupo Literário A ILHA, com 43 anos de trajetória. Visite o blog

Obs: Artigos assinados não reproduzem, necessariamente, a opinião do jornal Diário do Aço
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Gildázio Garcia Vitor

07 de maio, 2024 | 18:29

“Excelente artigo! Parabéns!
Segundo o livro "Assim Nasceu uma Língua", de Fernando Venâncio, publicado em 2019 e recém-lançado no Brasil, a Língua Portuguesa, a "Última flor do Lácio, inculta e bela", veio do Galego, que veio do Latim.”

Envie seu Comentário