PREF BELO ORIENTE MAIO LARANJA 02 - 728X90

18 de abril, de 2024 | 16:35

Projeto de lei em tramitação na Câmara quer mudar placa Mercosul

Divulgação
O projeto busca reintroduzir a obrigação de exibir a cidade e o estado na identificação veicular O projeto busca reintroduzir a obrigação de exibir a cidade e o estado na identificação veicular

A Placa Mercosul, introduzida no Brasil em 2021, pode passar por alterações nos próximos meses, conforme um projeto de lei do senador Esperidião Amin (PP-SC) em tramitação no Congresso Nacional. O projeto busca reintroduzir a obrigação de exibir a cidade e o estado na identificação veicular. O PL foi aprovado recentemente pela Comissão de Assuntos Econômicos e seguirá para análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), antes de ser submetido ao Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

Segundo Amin, a ausência do nome da cidade e do estado nas placas dificulta a identificação geográfica dos veículos, o que impacta negativamente a fiscalização do trânsito. Ele argumenta que a identificação da origem facilita a aplicação da lei em situações como infrações de trânsito, roubos e furtos de veículos. Além disso, o senador destaca a importância do "senso de pertencimento à região e o orgulho local", afirmando que a identificação da cidade seria útil para os motoristas que transitam por locais desconhecidos.

Por outro lado, em entrevista ao portal UOL, o advogado Danilo Costa, presidente do Instituto Brasileiro de Direito de Trânsito, critica a proposta, argumentando que, neste momento, a prioridade deveria ser corrigir os problemas de segurança das placas Mercosul, que têm perdido itens de segurança ao longo do tempo.
Desde a implementação das placas Mercosul em 2018, problemas de segurança têm sido recorrentes, com relatos de venda ilegal de placas, oferta de placas falsas em sites de comércio e preços elevados em muitos estados brasileiros.


Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

José

19 de abril, 2024 | 17:09

“O Sr. SENADOR deveria enviar um projeto pra reduzir o preço e ajudar a população com os elevados preços nas transferências veiculares. Quer saber de onde é a placa? Todo mundo tem app no celular de consulta de placa, vai lá e pesquisa. Isso só mostra a inutilidade de tantos políticos que somente servem pra explorar a população brasileira.”

Trouxa

19 de abril, 2024 | 15:34

“Quero saber se o nobre deputado descabelado vai pagar a conta. Claro que não né? Esses animais tem as ideias mirabolantes deles e o contribuinte que se lasque pra pagar. Pq se ainda fosse só trocar a placa, tava menos mal, mas tem que pagar taxa do Detran, ir no Uai, fazer vistoria, pipipi, pópopo e o dinheiro vai ladeira a baixo.”

Oliveira

19 de abril, 2024 | 02:56

“?tima ideia. Identificar a cidade e o estado são primodiais.”

Emerson

18 de abril, 2024 | 23:57

“ESTAVA CONVERSANDO COM UMA PESSOA DONA DE UMA FÁBRICA DE PLACAS EM IPATINGA E ELA ME FALOU QUE CAIU EM 90% A CONFECÇAO DE NOVAS PLACAS... COM ISSO O ESTADO ARRECADA MENOS... TÁ NA CARA QUE ESTE PROJETO E PRA O ESTADO VOLTAR A ARRECADAR DINHEIRO... QUEM PAGA A CONTA NOS O POVO BRASILEIRO”

Ricardo

18 de abril, 2024 | 23:41

“Tem que voltar cidade e estado, quando tinha, todo mundo se ligava em carro estranho nas vizinhanças, inibia muito a bandidagem, sem falar na didática para as pessoas, que aprendiam sobre cidades e estados diversos, era uma diversão a parte para as crianças que ficavam lendo e comentando a distancia que o motorista estava de sua casa...”

Xisto

18 de abril, 2024 | 23:25

“Silvio Brito cantava :
Tem que pagar pra nascer. Tem que pagar pra viver. Tem que pagar pra morrer. Tem que pagar pra nascer. Tem que pagar pra viver. Tem que pagar pra morrer.
O Brasileiro todo ano é estuprado pelos impostos que não saciam a máquina pública. Daqui uns dias teremos que pagar imposto até para respirar.”

Rcm

18 de abril, 2024 | 21:27

“Tem que mudar mesmo, essa placa Mercosul sem selo,informação de cidade e estado favorece muito a pessoa mal intencionada.”

Joanas

18 de abril, 2024 | 17:48

“Esta sempre mudano os modelo de placas e uma forma de fazer a populacao gastar dinheiro. Chega ja basta ja trocou o suficiente.”

Envie seu Comentário