18 de abril, de 2024 | 09:01

Foragido da Justiça é preso ao tomar banho no posto de saúde em Ipaba

Um homem de 33 anos, que era considerado foragido da Justiça da Bahia, foi preso por ato obsceno na unidade de saúde de Ipaba. R.S. resolveu, sem autorização, tomar banho no banheiro do posto e com as portas abertas na tarde de quarta-feira (17).
Wellington Fred
O foragido foi encaminhado para a delegacia de Polícia CivilO foragido foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil

O fato foi registrado por volta das 14h na rua José de Anchieta, em Ipaba. O acionamento dos policiais foi feito por funcionários do posto de saúde, onde o homem estava no banheiro público e se banhava.

Ele foi advertido previamente sobre o uso inadequado do local para banho. Os policiais encontraram R.S. no lado de fora do banheiro. O homem alegou ter ido à unidade de saúde em busca de atendimento e decidiu tomar um banho antes de ser atendido, afirmando que a porta estava apenas parcialmente aberta.

Contudo, funcionárias confirmaram que advertiram o cidadão sobre seu comportamento e relataram que utilizava o banheiro com a porta totalmente aberta. Ele estava à vista das pessoas que passavam pelo local em direção à sala de triagem, inclusive, o fato foi presenciado por criança na sala.

Com isso, o acusado recebeu voz de prisão por prática de ato obsceno. Durante o processo de identificação, não foi encontrado nenhum documento com o detido. Os PMs consultaram no Cadastro Nacional de Justiça (CNJ) com os dados fornecidos pelo preso, quando foi descoberto um mandado de prisão da Vara Criminal de Canavieiras, no estado da Bahia.

O foragido, que é natural de Canavieiras, foi conduzido ao plantão da 1ª Delegacia de Polícia Civil, em Ipatinga. O homem foi recolhido ao Sistema Prisional do Vale do Aço e está à disposição da Justiça.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário