03 de abril, de 2024 | 06:41

Briga de casal termina em perseguição, tiroteio e prisão no Cidade Nobre, em Ipatinga

Divulgação Polícia Militar
O revólver apreendido durante a prisão do acusado de agredir a companheiraO revólver apreendido durante a prisão do acusado de agredir a companheira

O início da madrugada desta quarta-feira (3) foi de muita movimentação policial para a prisão de um jovem de 23 anos, acusado de agredir a companheira de 35 anos na rua Toronto, no bairro Vila Militar, em Ipatinga. Ele fugiu de carro levando uma arma de fogo, não obedeceu às ordens dos policiais militares e no cerco no Cidade Nobre, antes de ser preso, trocou tiros com os PMs.

As equipes da PM foram acionadas pelo Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM) para atender a uma denúncia de agressão e ameaça no contexto da Lei Maria da Penha no Vila Militar. A vítima relatou que saiu para beber com o companheiro. Ao retornar para casa, uma discussão iniciou-se entre o casal devido a uma mensagem no celular da mulher.

Com ciúmes, o jovem agrediu a companheira e proferiu ameaças de morte não só contra ela, mas também contra família dela. Testemunhas informaram que o acusado pegou uma arma de fogo no terraço e, após ameaçar os moradores, efetuou disparo de arma de fogo na rua antes de fugir em um Fiat Stilo, de cor vermelha. Durante a fuga, ele continuou a ameaçar a vítima por telefone.

PMs saíram em perseguição ao acusado em fuga

Os policiais militares passaram a patrulhar na tentativa de abordar o acusado. O Sistema de Câmeras do Cinturão de Segurança flagrou o veículo trafegando sentido à avenida Maanaim, quando as equipes avistaram o carro e saíram no encalço do autor em fuga.

Ele acabou encurralado em uma rua sem saída, no bairro Cidade Nobre. O jovem então desembarcou do veículo armado e apontou a arma para os policiais, que dispararam para se defenderem de uma possível agressão. Nenhum dos envolvidos foi atingido pelos tiros.

O agressor fugiu a pé, mas acabou sendo capturado após invadir uma residência próxima ao campo de futebol do Vila Celeste, danificando o telhado do imóvel na tentativa de escapar da PM. Durante a fuga, ele abandonou a arma, um revólver calibre .32, com quatro cartuchos intactos, um deflagrado e um picotado (falhou no disparo), que foi apreendida.

Detido negou as agressões contra a companheira

O preso negou as acusações de agressão, atribuindo o caso aos ciúmes excessivos da companheira ao ver a ex-namorada dele. Ele se recusou a fazer o teste do etilômetro (bafômetro), indicando ter ingerido bebidas alcoólicas. Além disso, foram constatadas irregularidades, dentre elas, documentação atrasada do veículo e o jovem era inabilitado.

No interior do Fiat Stilo foram encontrados, uma porção de maconha e objetos pessoais da vítima. No entanto, a mulher decidiu não representar contra Matheus, temendo por sua segurança.

O local foi periciado pelo perito da Polícia Civil. O detido, que não quis receber atendimento médico diante dos ferimentos sofridos na fuga, foi encaminhado ao plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga, com os materiais apreendidos. O carro foi recolhido ao pátio credenciado pelo Detran.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Kamila

03 de abril, 2024 | 20:16

“Isso que dá paquerar novinho.”

Joao Marcos Miranda

03 de abril, 2024 | 15:03

“Sai fora enquanto e tempo ! a próxima ele te mata .”

Cangaceiro Chefe

03 de abril, 2024 | 12:29

“Aqui na cidade até uma briguinha de casal por ciúmes termina em tiroteio e perseguição policial... é o "jeito cangaço de ser" se espandindo e tomando conta de tudo...imagina no período eleitoral...”

Rosy

03 de abril, 2024 | 11:44

“Burra na próxima ele te mata”

Fabricio de Souza

03 de abril, 2024 | 08:36

“Este Vila militar, em matéria bater mulher está saindo na frente este ano, Clássico marvada pinga, a mulher não quiz representar, vai receber o Mateus braços abertos e ainda pagar as despesas, dirigir sem habilitação e ajudar processo posse arma fogo, e ainda ajudar comprar 38, perder 32, que estava na hora trocar.
Só trabalho pra polícia, sem-vergonhice o remédio e taca mesmo.”

Envie seu Comentário