Expo Usipa 2024 02 - 728x90

01 de abril, de 2024 | 19:44

Idoso de 77 anos de Joanésia mata a esposa de 74 anos com golpes de foice na Grande BH

O aposentado Onofre Bernardino de Souza, de 77 anos, matou a golpes de foice a esposa, Maria Ferreira de Souza, de 74 anos, crime praticado no início da tarde desta segunda-feira (1º/4) em São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O casal é oriundo do Vale do Aço, o idoso natural de Joanésia e a vítima de Ferros, mas eles moraram por anos em Joanésia.

A descoberta do crime se deu após o envio de uma equipe da Polícia Militar até a rua Hortência, no bairro Flor de Liz, em São Joaquim de Bicas, na Grande BH. Ao chegarem ao local, na residência da vítima, os PMs encontraram a equipe do Samu tentando reanimar Maria Ferreira. Apesar dos esforços, a idosa não resistiu e morreu.

Próximo à cena do crime, sobre uma caixa d'água, foi localizada a foice usada no homicídio. A testemunha, filha dos envolvidos, relatou que ao chegar em casa encontrou o pai. Ele lhe informou que havia cometido o assassinato. Onofre rapidamente fugiu do local, enquanto a mulher deparou com a mãe no chão, coberta de sangue.

Segundo informações dos familiares, Onofre estava recebendo tratamento médico no Hospital Márcio Cunha, na cidade de Ipatinga. Com base nisso, as autoridades se deslocaram para a residência do irmão do acusado, no bairro Santo Antônio, em São Joaquim de Bicas.

Os militares encontraram o sobrinho de Onofre, que confirmou que o tio havia confessado o crime e se deitado na cama ao chegar em casa. O idoso foi encontrado e preso sem oferecer resistência.

Idoso confessa o crime aos PMs após ser localizado

Aos policiais militares, Onofre admitiu ser o autor do assassinato, justificando que descobriu uma suposta infidelidade de Maria Ferreira, alegação dita apenas pelo idoso, e que uma discussão entre o casal resultou na violência fatal.

A perícia da Polícia Civil realizado na cena do crime detectou pelos menos 11 cortes causados pelos golpes de foice no corpo da vítima. A idosa tinha cortes na cabeça, no braço esquerdo e na nuca. A foice usada no assassinato foi recolhida e apreendida pelos policiais.

O corpo da vítima foi recolhido depois dos trabalhos periciais e encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) da capital. Onofre recebeu voz de prisão em flagrante e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para prestar depoimento e responder pelo crime de homicídio agravada por feminicídio.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário