27 de março, de 2024 | 15:23

Ipatinga treina visando a 'batalha do Mamudão' na segunda à noite

Eude Aerton/Ipatinga
Recuperado de lesão muscular, o meia Gérson Magrão estará de volta ao time neste duelo decisivoRecuperado de lesão muscular, o meia Gérson Magrão estará de volta ao time neste duelo decisivo

Os treinamentos do Ipatinga tomaram outros ares nos últimos dias. Afinal, o jogo que definirá o outro rebaixado (pelo menos dentro de campo) no Campeonato Mineiro de 2024, contra o Democrata-GV, foi antecipado do domingo (7) para a próxima segunda-feira (1), em Governador Valadares, às 20h30, no estádio Mamudão.

A decisão, em comum acordo com as diretorias dos dois clubes, foi anunciada pela Federação Mineira de Futebol (FMF) no início da noite de terça-feira (26). A justificativa é para evitar que os dois times ficassem apenas treinando uma semana a mais, só aumentando os gatos de cada um deles, ambos em grandes dificuldades financeiras.

Batalha
Diretoria e comissão técnica sabem, desde já, que será um dos jogos mais tensos da história recente do Ipatinga. Além da histórica rivalidade ao longo dos anos, o fato de ser torcida única do time mandante e o fato de um dos dois cair para a Segunda Divisão criaram, há dias, um clima pesado fora de campo. De acordo com os dirigentes do Tigre, todas as precauções estão sendo tomadas, tais como solicitar reforço de segurança para a delegação e um trio de arbitragem experiente. Além disso, todos passam muita confiança aos jogadores, pelo fato de acreditarem no potencial do grupo, que acabou melhorando de rendimento já na reta final do Campeonato Mineiro.

Pode empatar
Apesar de toda pressão, o Ipatinga entrará em campo com o regulamento a seu favor. O time comandado por Fabiano Braz pode empatar que estará salvo. Ao Democrata-GV só resta a opção de vencer por pelo menos dois gols de diferença para sonhar em não ser rebaixado.

Os treinamentos seguem em ritmo forte, principalmente nos quesitos técnico e tático, no CT do clube. O treinador terá à sua disposição praticamente todo o elenco, pois Gérson Magrão e o zagueiro Nilo se recuperaram de contusões musculares. Outro já à disposição há vários dias é o meia Luizinho, que veio do Santos e ficou quase toda competição em tratamento de uma lesão muscular.

Sendo assim, o time que deverá entrar em campo em Governador Valadares para se manter na elite do Estadual, bem como ter tranquilidade para se preparar à Série D, deverá alinhar: Douglas Baldini, Ézio, Alex Trindade, Nilo e Neto; Marquinhos, Lucas Paranhos, Vico e Gérson Magrão; PH e Luís Felipe.

Na suplência, boas opções, além do meia Luizinho, são os atacantes Raphael Lopes e Alex Matos, o volante Wesley, polivalente Gabriel Veríssimo, o meia Júlio Simas, o zagueiro Cleylton, dentre outros.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário