25 de março, de 2024 | 08:52

Serviços postais nacionais e internacionais serão reajustados em abril

As novas tarifas entrarão em vigor a partir do dia 3

Fabíola Sinimbú - Repórter da Agência Brasil
Unidade de distribuição dos Correios em Brasília. Foto: Joédson Alves/Agência BrasilUnidade de distribuição dos Correios em Brasília. Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

Os serviços postais realizados pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos no Brasil passarão por reajuste de 4,39%, a partir do dia 3 de abril. A medida, que corresponde a correção da inflação conforme a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2023, foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (25), em uma portaria do Ministério das Comunicações.

A tarifa para envio de cartas e cartões postais nacionais de até 20 gramas (g) passará de R$ 2,45 para R$ 2,55, enquanto que a máxima, de 450g a 500g, passará de R$ 13,35 para R$ 13,80. O franqueamento autorizado de cartas (FAC) simples também foi reajustado podendo variar de R$ 2,27 a R$ 12,17, conforme o peso em gramas.

O telegrama nacional passará a ter valores diferenciados conforme a modalidade escolhida e custará R$ 10,74, via internet, R$ 12,96 para o serviço prestado por telefone e R$ 15,56, nos casos de contratação pré-paga nas agências. Para envio de malotes com grandes volumes calculados em quilos, e contratado por pessoa jurídica, é necessário consultar tabela de distância e peso disponibilizada no site dos Correios.

Os envios internacionais serão cobrados por grupos de países separados por região, sendo cinco grupos: grupo1 (Argentina, Paraguai e Uruguai), grupo 2 (demais países da América do Sul), grupo 3 (Américas Central e do Norte), grupo 4 (Europa) e grupo 5 (Ásia e Oriente Médio, África e Oceania). E os valores poderão variar de R$ 4,30 a R$ 239,60, conforme o peso em gramas e o grupo do país para envio.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Henrique

25 de março, 2024 | 15:23

“O correio é uma grande empresa mas como todo lugar tem uns e outros, dentre eles um senhor que entrega correspondências de moto na região do vila Celeste, ele parece estar muito desgastado e estressado. Se chamou e a pessoa atendeu, documento por favor e assine aqui para receber a encomenda, ou se não está, e a entrega é personalíssima deixa o aviso que realizou a primeira tentativa de entrega, mas não, prefere ficar com questionamentos fúteis e sem efetividade alguma. Isso já é a segunda vez que acontece.”

Crítico Crítico

25 de março, 2024 | 09:41

“Mais que a inflação do ano anterior.
Bom alguém tem que pagar né.”

Envie seu Comentário