25 de fevereiro, de 2024 | 17:26

Suspeita de incêndio criminoso no bairro Parque Caravelas em Santana do Paraiso

Um apartamento foi consumido pelas chamas na manhã deste domingo, na rua Diadema, bairro Parque Caravelas, em Santana do Paraíso. Ao chegar ao local indicado, por volta das 10h30, a equipe do Corpo de Bombeiros deparou-se com um apartamento em chamas no terceiro andar de um prédio. A energia elétrica foi cortada e logo deu-se início ao combate.

“Foi montada uma linha direta com três mangueiras debelando o incêndio com aproximadamente 1.500 litros de água. Em seguida foi feito o rescaldo para evitar reignição. Todos os cinco cômodos foram atingidos pelo fogo e todos os móveis da casa foram danificados. Houve danos também na estrutura do corredor externo do 3° pavimento e no apartamento 303, vizinho ao local do incêndio”, informa o relatório do Corpo de Bombeiros.

Os relatos dos vizinhos indicam que o incêndio pode ter sido criminoso e um indivíduo, insatisfeito com o fim do relacionamento com uma mulher pode ter sido o causador do sinistro. O imóvel ficou aos cuidados da moradora e todos foram orientados a contratar profissional habilitado para manutenção da rede elétrica do imóvel antes de religar a energia.

Causador do incêndio é procurado por dar golpe em posto de combustível

Minutos depois da descoberta do incêndio no apartamento, no bairro Parque Caravelas, o suspeito de ser o autor do sinistro foi acusado de dar um golpe em um posto de combustíveis, no bairro Amaro Lanari, em Coronel Fabriciano. O homem pediu para abastecer o carro em que estava, um Kia Cerato, com placas de Timóteo, mas depois alegou que tinha esquecido a carteira e entregou um telefone celular como garantia. O aparelho estava quebrado e sem condições de uso. O homem não apareceu para fazer o acerto do abastecimento e foi denunciado por estelionato.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Juruna

25 de fevereiro, 2024 | 21:34

“A mulher é sempre subjugada, infelizmente politização do direito da mulher, se não fosse isso a lei de quando NAO e NAO, é ótima.

Já foi tempo da mulher ficar obrigada num relacionamento TÓXICO.”

Cangaceiro

25 de fevereiro, 2024 | 18:21

“Se isso vira moda vai faltar água pra tanto incêndio...relacionamento hoje em dia dura nada, a rotatividade amorosa é assombrosa...”

Envie seu Comentário