Expo Usipa 2024 02 - 728x90

20 de fevereiro, de 2024 | 06:10

Mortes por dengue chegam a 113 no país; 438 óbitos são investigados

Dados foram atualizados nesta segunda-feira pelo Ministério da Saúde

Paula Laboissière – Repórter da Agência Brasil
Tenda de acolhimento e atendimento para casos suspeitos de dengue na cidade de Ceilândia, região administrativa do Distrito Federal.  Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência BrasilTenda de acolhimento e atendimento para casos suspeitos de dengue na cidade de Ceilândia, região administrativa do Distrito Federal. Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

Desde 1º de janeiro, 113 pessoas morreram em todo o país em decorrência de infecção por dengue. De acordo com o painel de monitoramento de arboviroses do Ministério da Saúde, há ainda 438 mortes em investigação para a doença.

Os números mostram que, em menos de dois meses, o Brasil contabiliza 653.656 casos prováveis de dengue, o que leva a um coeficiente de incidência de 321,9 casos para cada grupo de 100 mil habitantes.

As mulheres respondem pela maioria das infecções (55%), enquanto os homens registram 45%. A faixa etária dos 30 aos 39 segue na liderança de casos de dengue, seguida pelo grupo de 40 a 49 anos e pelo grupo de 50 a 59 anos.

O Distrito Federal registra, atualmente, o maior coeficiente de incidência (2.814,5), seguido por Minas Gerais (1.061,7), Acre (644,7), Paraná (611,6) e Goiás (569,6). Em número de casos absolutos, Minas Gerais aparece em primeiro lugar (218.066). Em seguida estão São Paulo (111.470), Distrito Federal (79.287), Paraná (69.991) e Rio de Janeiro (49.263).

Veja também:
Por causa do surto de arboviroses, HMC opera com capacidade máxima

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Alexsandro

20 de fevereiro, 2024 | 14:11

“Vacinas salvam vidas,libera a dose ai senhores politicos para gente nao pegar
esse mosquito terrivel que esta matando todos os dias.”

Emerson

20 de fevereiro, 2024 | 06:31

“Bom dia estão Falando em 113 mortes mais isso são as Confirmadas pois acredito que deve ser umas 200 Vezes mais... Quase todas as pessoas que conversamos aqui em Ipatinga pegaram dengue ou Chikungunya.. Não estam divulgando certo estas mortes no Brasil... Se fosse o Bolsonaro o Presidente já falavam e mais de 1 milhão.”

Envie seu Comentário