Expo Usipa 2024 02 - 728x90

17 de fevereiro, de 2024 | 10:48

Estado vai repassar R$ 150 milhões aos municípios para combate às arboviroses

Fábio Marchetto/SES-MG
Secretário de Estado de Saúde apontou o cenário em Minas e as ações para conter o avanço da dengue, zika e chikungunya Secretário de Estado de Saúde apontou o cenário em Minas e as ações para conter o avanço da dengue, zika e chikungunya

Em evento realizado na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, no fim de semana, o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, apresentou as ações de enfrentamento às arboviroses (dengue, zika e chikungunya). Na ocasião, a pasta contabilizou a destinação de mais de R$ 150 milhões a todos os municípios do estado no enfrentamento às doenças provocadas pelo mosquito Aedes aegypti, além de promover um Dia D contra arboviroses e a capacitação de equipes de saúde.

De acordo com o Painel de Monitoramento das Arboviroses, foram notificados 194.801 casos prováveis de dengue em Minas Gerais até 16/2, dos quais 67.592 estão confirmados. Há 105 óbitos em investigação e 18 confirmados. Em relação à chikungunya, até o momento, foram notificados 23.628 casos prováveis, sendo 15.727 confirmados para a doença. Há 16 óbitos em investigação e um óbito confirmado.

Dia D
A SES-MG coordenará o Dia D de conscientização e combate às arboviroses em todo o estado, por meio das 28 Unidades Regionais de Saúde (URS), entre elas a de Coronel Fabriciano. A ideia é promover o movimento Minas Unida no Combate ao Mosquito no dia 24, próximo sábado. O movimento, ao qual já aderiram 160 municípios mineiros de todas as regiões, realizará mutirões comunitários para eliminar os focos de Aedes aegypti.

Estão planejadas ações de mobilização para orientar e conscientizar a população que a responsabilidade diária de manter ambientes dentro das casas é também do cidadão. “Esse é um momento para sensibilizar toda a população e precisamos que todos nos ajudem a disseminar a importância de não deixar entulhos e água parada. É preciso destacar o papel de cada cidadão nesse processo, para que consigamos diminuir os números dessa doença que está nos afligindo muito em 2024”, alertou o secretário Fábio Baccheretti, que lembrou que as prefeituras que ainda não fazem parte do movimento podem procurar sua respectiva URS para isso.

Atuação em Minas
A SES-MG informou ainda que está pagando, neste mês, um incremento de R$ 32,2 milhões aos municípios mineiros para o combate das arboviroses. O valor se soma aos R$ 80,5 milhões repassados em dezembro, enquanto outros R$ 32,2 milhões serão pagos no mês de julho.

A secretaria também está investindo R$ 30,5 milhões para que os municípios contratem o serviço de drones que serão utilizados na identificação, monitoramento e tratamento dos focos e criadouros do Aedes aegypti, permitindo uma atuação mais direcionada e eficaz por parte das Secretarias Municipais de Saúde. Foram repassados R$ 15 milhões em 2023 e o restante será pago já nos próximos meses.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

New Wave

17 de fevereiro, 2024 | 16:41

“Em ano eleitoral podemos esperar a farra do boi.”

Envie seu Comentário


MAK SOLUTIONS MAK - 300X250