Usiminas EstÁgio - 728x90

12 de fevereiro, de 2024 | 12:21

Dívida de R$ 180 motiva tentativa de homicídio no Limoeiro em Ipatinga

Na noite deste domingo (11), um homem de 45 anos foi alvo de uma tentativa de homicídio. O fato ocorreu entre as ruas João Vicente Dos Santos e Marmelos, no bairro Limoeiro, em Ipatinga. O crime teria sido motivado por uma dívida de R$ 180.

Conforme apurado pelo Diário do Aço junto à Polícia Militar, a equipe envolvida na operação estava em patrulhamento quando foi informada sobre disparos de arma de fogo na praça do bairro. No entanto, ao chegar até o local, os populares não quiseram passar informações por temerem represálias por parte dos criminosos, e apenas confirmaram que ouviram os disparos.

Instantes depois, os policiais receberam ligação do SAMU, que solicitava apoio na rua Uvas, onde havia um homem ferido. A vítima, L.E.S, foi encontrada consciente. Após informar quem seria o autor do crime e onde ele residia, o homem de 45 anos foi levado ao Hospital Márcio Cunha para receber atendimento médico, visto que estava com uma lesão nas costas por causa do disparo de arma de fogo.

A PM deslocou-se até a residência do envolvido no atentado para tentar localizá-lo, mas não obteve sucesso. Durante rastreamento pelo bairro, os policiais militares foram informados que após a saída da residência, o autor havia entrado em um VW Voyage e se deslocado sentido Ipaneminha.

A polícia foi até o local, conseguindo abordar o automóvel, que era conduzido por T.N.S., de 38 anos. No banco de trás, estava o autor do homicídio tentado, M.R.S., de 39 anos, que encontrava-se lesionado na parte interna do braço direito, com dois pequenos orifícios, os quais ele alegava ser proveniente de disparo de arma de fogo.

Em conclusão
M.R.S. confessou a autoria do crime, informando que a vítima estaria lhe devendo R$ 180, sendo esse o motivo de terem iniciado uma discussão. O autor alegou, ainda, que não se recordava de muita coisa, e que tentou fugir após o atentado e acabou perdendo um revólver calibre 32, utilizado no crime.

Os policiais militares também fizeram contato com L.E.S., que relatou estar na praça do Limoeiro quando M.R.S. chegou nervoso, cobrando a dívida e sacando uma arma de fogo.

L.E.S. também alegou que nesse momento tentou segurar a mão que empunhava a arma, até que entraram em luta corporal e caíram no chão. A vítima informou que tentou correr, momento em que M.R.S. efetuou diversos disparos.

Tanto o autor do crime quanto o condutor do veículo utilizado na fuga foram presos. O carro também foi apreendido e removido ao pátio credenciado.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Cleber Sousa

14 de fevereiro, 2024 | 08:23

“Essa região está ficando perigosa. Limoeiro junto com Recanto e Córrego novo estão com alto índice de crimes e tráfico. Precisamos de mais policiamento neste local. Ninguém merece.”

Xisto

12 de fevereiro, 2024 | 16:04

“O rico domina sobre o pobre;
quem toma emprestado
é escravo de quem empresta.

Provérbios 22:7”

Homero Brito

12 de fevereiro, 2024 | 15:42

“A Vida não está valendo nada.”

Betão

12 de fevereiro, 2024 | 14:23

“Os Trapalhões kkkkkkk”

Envie seu Comentário