Usiminas EstÁgio - 728x90

06 de fevereiro, de 2024 | 11:00

Opinião: De gregos, fúrias e discórdias...

Nena de Castro *


Dia! Curtindo minhas juntas inchadas e as dores da tia Chica Ungunya, ponho-me a ler afim de combater a ignorância! Amo viajar por lendas, os gregos e romanos me fornecem assunto sem fim; preciso fazer uma canjiquinha com costela e muito cheiro verde e mandar pro Olimpo. Deve ser necessário um caminhão de quirera, e dois de costelinha, afinal são muitos deuses, deusas e apaniguados de Zeus e ninguém pode ser esquecido, senão dá zebra!

Nada pior que irritar um sujeito desses, que passa o dia todo fazendo nada com coisa alguma, parecendo político brasileiro, pois logo vêm raios, trovões, maldições e não sendo uma Bugra besta, vou agradecer a eles por me dar material infindo pras minhas crônicas! Agora, caso tenham piriri pela gula, neca de catibiribas que vou arranjar boldo e macaé pros chás, se virem, galera! Não, não vou mandar inhame cozido com caldo de testículos de boi que Zeus come todo dia mode aguentar as farras, eu hein?

Bom, continuando a rodar na minha velha bicicleta, examino uma lenda que diz que a deusa Hera tocou numa flor do malmequer ou num cardo branco e também uma flor negra chamada abrunheiro. E daí concebeu os gêmeos Éris e Ares, que os romanos chamavam de Discórdia e Marte. (Uai, o garanhão Zeus, que traçava deusas, ninfas e mortais e era marido de Hera num participou? Mandei recadinho no zap pra ele ajuizar uma Negatória de Paternidade, mas ainda não recebi resposta.

Éris é a deusa da Discórdia Ela, também chamada Disputa, absorveu o veneno da cizânia e nasceu cheia de humores perversos; esperta, ela tem uma quadrilha formada pelas bad girls Erínias ou Fúrias, que têm o poder de se transformar em cães ou serpentes: desafiam, ladram, mordem o coração e semeiam o terror na consciência, sendo instrumento de vingança divina perante as falhas humanas. (E quem castigava os deuses?) Segundo Homero, a Discórdia apresenta-se pequena no início e depois se avoluma, ergue a cabeça até o céu e arrasta o resto do corpo pelo solo, envenenando tudo.

Acho que algumas Fúrias trabalham também para o deus da guerra, o gêmeo Ares ou Marte, e dormem toda noite com o czar russo e com o doido lá da Coréia do Norte, mais alguns líderes por aí, que só agem pra destruir e nada mais! Posé, tanta vibração ruim, lembrei da comadre da minha mãe, dona Dorina das Dores cuja especialidade era falar da vida alheia, fuxicar, conversar fiado, observar o tamanho das saias das moças na igreja, se estavam flertando com alguém, fazendo da vida do povo da pequena vila onde vivíamos, um inferno! Observando o cenário político do Brasil, onde pontificam as donas Dorinas, a deusa Discórdia, as Fúrias serpentuosas, avacalhando as tentativas de consenso, amarrando as tentativas de se fazer algo em prol do povo brasileiro, que patina entre a Educação sem rumo, as esperas infinitas nos postos de saúde e hospitais, o excesso de taxas e impostos sem retorno e “otras cositas mas” que nos atormentam, suspiro. Afeeeeeeeeeeee! E nada mais digo!

* Escritora e encantadora de histórias

Obs: Artigos assinados não reproduzem, necessariamente, a opinião do jornal Diário do Aço
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Beiçola Bom de Bola

06 de fevereiro, 2024 | 10:45

“Só queria ter o direito de expressar o pensamento livre que justificam os desígnios das graças de Deus - enquanto aguardamos somente as ignorâncias gratuitas oriundas da escuridão. Ser pobre e oprimido é, pois, dupla ingratidão. Bom mesmo é ser jornalista, neste país, que tudo vê; mas, nada pode falar. Tem que seguir o "Sistema". Manda quem pode, obedece quem tem juízo. A vida segue. É só abrir a porteira pra boiada seguir em frente rumo ao abate final. Rs.”

Envie seu Comentário