Expo Usipa 2024 02 - 728x90

11 de novembro, de 2023 | 13:00

Novembro azul: livre-se do preconceito e cuide-se

Jaqueline Chagas *

O maior orgulho que devemos ter é pela vida. Por isso, é tão importante discutir sobre a campanha do Novembro Azul, mês da conscientização sobre a saúde do homem, com foco na prevenção do câncer de próstata.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), entre os anos de 2020 e 2022, foram diagnosticados no país quase 67 mil ocorrências de câncer de próstata. Esses dados mostram como o assunto é sério, porém muitas vezes deixado de lado por motivos tolos.

É preciso esclarecer que o preconceito e a negligência podem matar, principalmente quando impede a pessoa de buscar um exame para diagnosticar uma doença. Além do câncer de próstata, os homens são afetados por outros tipos de câncer, como o de mama, pele, estômago, intestino, entre outros. Também vale lembrar das doenças cardíacas, diabetes e outras condições.

O diagnóstico precoce é o melhor caminho para a cura. Infelizmente, muitos homens não têm o hábito de realizar exames regulares. Mas quando se detecta uma doença em estágio inicial, o tratamento é mais eficaz.
Buscar ajuda médica e se cuidar não é frescura, não é demonstração de fraqueza ou qualquer outro termo que diminua o valor do autocuidado. Isso, na verdade, é uma forma de se amar e permitir que se viva por mais tempo com aqueles que o amam.

“Dados do INCA: entre os anos de 2020 e 2022,
foram diagnosticados no país quase 67 mil
ocorrências de câncer de próstata”


Tente ainda melhorar a qualidade de vida. Pratique bons hábitos de saúde. Evite excesso nas bebidas. Fuja do tabagismo e outras drogas. Exercite-se. Tente fazer caminhadas regularmente. Tenha uma boa alimentação. Preste mais atenção a si mesmo.

Caso seja pai, entenda que você é também um exemplo para seu filho. Se você mostrar que cuida da própria saúde, seus filhos vão seguir o mesmo caminho. Portanto, seja um modelo positivo na sua casa. As ações vão valer muito mais do que simples palavras.

O combate ao preconceito do Novembro Azul começa com nós mesmos. Inicia na nossa maneira de pensar e encarar o mundo. Cuidar da saúde é um investimento que vale a pena. É uma grande demonstração de amor pela família e amigos, além de respeito pelo dom da vida.

* Contabilista, paciente que luta contra o câncer e fundadora do Grupo Unidas para Sempre, que tem como objetivo dar suporte e apoio ao paciente com câncer e outras patologias.

Obs: Artigos assinados não reproduzem, necessariamente, a opinião do jornal Diário do Aço
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário