06 de agosto, de 2022 | 10:21

Envolvido em furto de igreja é preso por assaltar salão de beleza, em Ipatinga

Atualizada às 12h45
Divulgação Polícia Militar
O preso pelo assalto já havia sido detido por furtar esta espada em uma igreja no Centro de IpatingaO preso pelo assalto já havia sido detido por furtar esta espada em uma igreja no Centro de Ipatinga

Em uma semana, policiais militares realizaram a prisão de um homem de 39 anos pela segunda vez por crime contra o patrimônio. Conduzido na madrugada da última terça-feira (2), quando furtou em uma igreja no Centro de Ipatinga, R.L.B. foi preso na noite de sexta-feira (5) depois que praticou um assalto no salão de beleza localizado na avenida Colatina, no bairro Caravelas.

A equipe do sargento Marques foi informada sobre o assalto, ocorrido no Caravelas, indo ao local para colher mais informações sobre o autor do crime. Ele entrou no estabelecimento, com o rosto encoberto por uma camisa enrolada na cabeça, e anunciou o roubo.

O criminoso roubou R$ 100 de uma das vítimas no salão e fugiu correndo pela Colatina no sentido à avenida Londrina, no bairro Veneza II. Pelas imagens das câmeras de segurança, no local do crime, os PMs notaram que o autor tem as mesmas características físicas do indivíduo preso pelo furto no Centro de Ipatinga.

Os policiais saíram em rastreamento, quando conseguiram abordar o suspeito próximo ao pontilhão de ferro, entre o bairro Veneza II e o Centro de Ipatinga. R.L. confessou a autoria do roubo no salão, porém alegou que já tinha gasto o dinheiro roubado. Natural de Iconha, no Espírito Santo, o assaltante foi encaminhado para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil.

Furtou uma "espada de São Miguel Arcanjo"
Na madrugada de terça-feira, R.L. já havia sido preso por furtar na igreja Santas Missões, na rua Ouro Preto, no Centro de Ipatinga. Ele furtou uma “espada de São Miguel Arcanjo” e foi preso na rua Diamantina ainda com o objeto sacro. Usuário de drogas, o indivíduo chegou à região há poucos dias e vive pelas ruas da cidade, conforme informaram os policiais ao Diário do Aço.

R.L. ainda apresentava lesões pelo corpo, que segundo ele, foram ferimentos causados em si próprio com o uso de vidro quebrado. Os motivos da autoflagelação seria um “pacto demoníaco” que fez, conforme relatou aos PMs ao ser preso pela primeira vez, curiosamente a mesma equipe que realizou a sua segunda prisão.

Apesar da segunda prisão em uma semana e, da confissão da autoria do roubo ao ser preso, o R.L. foi ouvido e liberado durante o plantão da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil. A reportagem recebeu até uma foto do indivíduo caminhando pela praça 1º de Maio na manhã desta sábado.



Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Eu

06 de agosto, 2022 | 20:56

“Pacto demoníaco? É muita fumaça de pedra na cuca...esse vai dar trabalho e prejuízo na cidade...por aqui não chega nada q presta...”

Justiça Perdendo a Luta Para os Noiados

06 de agosto, 2022 | 15:08

“Verdade é que o crime de furto em Ipatinga não deixa mas o caboclo no xadrez.”

Envie seu Comentário