05 de agosto, de 2022 | 15:35

Administração de Santana do Paraíso propõe soluções para problemas da BR-381

A sessão ocorreu no auditório do edifício-sede da ANTT, em Brasília

Divulgação
Uma das propostas do governo municipal é a construção de um viaduto entre os bairros Parque Caravelas e Parque Veneza Uma das propostas do governo municipal é a construção de um viaduto entre os bairros Parque Caravelas e Parque Veneza

Secretário de Obras, engenheiros e arquitetos da administração municipal de Santana do Paraíso participaram, nesta semana, da audiência pública promovida pela Agencia Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), sobre o processo de concessão da BR-381. A sessão ocorreu no auditório do edifício-sede da ANTT, em Brasília, mas, também, contou com participações de forma remota, que foi o caso da equipe do município, conforme divulgou o governo paraisense.

Durante a reunião, três soluções para problemas na rodovia foram apresentadas com o objetivo de serem executadas a partir da sua duplicação. A primeira refere-se à construção de um viaduto entre os bairros Parque Caravelas e Parque Veneza, no cruzamento próximo ao supermercado Mart Minas. “É uma região de expansão, então, nos próximos anos muitos imóveis residenciais e comercias vão surgir. Aquele cruzamento já é complicado e, inclusive, causa lentidão na BR”, comentou o prefeito Bruno Morato (Avante).

Outra proposta foi a construção de um viaduto na região conhecida como Rocinha, próximo ao Clube Tijota, sentido a Governador Valadares. “Essa obra se faz necessária devido ao crescimento de uma siderúrgica instalada nas proximidades, garantindo um trânsito mais seguro e evitando acidentes. Além disso, a prefeitura está realizando um projeto que fará a ligação da BR-381 com a 458 e esse viaduto será primordial para o acesso a essa via”, explicou o secretário de Obras, Gilberto Ramos.

E, por fim, foi reivindicada uma melhoria da drenagem próximo à entrada do Águas Claras, tendo em vista que, historicamente, o bairro sofre com alagamentos em períodos chuvosos. “No ano passado nós fizemos um trabalho lá e já melhorou, mas quando essa água chega na BR e passa por baixo, essa passagem é muito estreita e isso é um dos problemas que causa a enchente no bairro. Então, nós pedimos também um alargamento desse sistema de drenagem”, finalizou o prefeito.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Gildo Aguilar

05 de agosto, 2022 | 20:14

“E sobre o acesso da BR ao Bairro Águas Claras como ficaria?”

Envie seu Comentário