03 de agosto, de 2022 | 15:05

Usiminas acompanha evolução de ações em nova pesquisa com a comunidade

O levantamento é realizado pela empresa CP2, de Belo Horizonte, que promove visitas às casas com moradores de 12 bairros próximos à usina

Elvira Nascimento/Divulgação
 Pesquisa mede o incômodo da população com as partículas sedimentáveis Pesquisa mede o incômodo da população com as partículas sedimentáveis

Está em andamento uma nova rodada da Pesquisa Ambiental realizada pela Usiminas nos bairros do entorno da Usina de Ipatinga, com o objetivo de medir o incômodo da população com as partículas sedimentáveis. Essa é a sexta rodada do estudo que integra o compromisso formal assumido pela Usiminas junto à comunidade e o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) em 2019, informa a empresa.

O levantamento é realizado pela empresa CP2, de Belo Horizonte, que promove visitas às casas com moradores de 12 bairros próximos à usina. O trabalho segue nas próximas semanas até o fechamento da amostragem necessária. Para a segurança dos moradores que serão ouvidos, toda a equipe estará uniformizada e credenciada

Investimentos e compromisso
A Usiminas tem ampliado os investimentos a cada ano em ações ambientais. Entre 2019 e 2021 foram aportados mais de R$ 100 milhões, entre 2022 e 2024 estão previstos mais R$ 400 milhões.

Desde o início de suas operações, em 1962, a sustentabilidade faz parte da trajetória da Usiminas. Nesses quase 60 anos, a empresa vem tendo uma ampla atuação nas dimensões econômica, social e ambiental, que se reflete na geração de empregos e renda para a região e na conciliação da atividade industrial com o bem-estar social.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário