30 de julho, de 2022 | 10:04

Casamento comunitário em Ipatinga será realizado na quarta-feira

Divulgação
Cerimônia será realizada no Teatro Zélia Olguin   Cerimônia será realizada no Teatro Zélia Olguin

A partir das 19h da próxima quarta-feira (3), será realizado no Teatro Zélia Olguin, no bairro Cariru, mais uma edição do casamento comunitário, promovido pela Defensoria Pública de Minas Gerais, unidade de Ipatinga.

O evento busca promover a regularização jurídica de casais que ainda não têm a união oficializada. Esta segunda edição irá celebrar a união de 31 casais inscritos.

O casamento comunitário é mais uma das ações extrajudiciais de alcance social da Defensoria e oferece às pessoas de baixa renda a oportunidade de legalizarem sua situação civil, com isenção de taxas e emolumentos, e de realizarem o sonho do grande dia: a cerimônia nupcial, legitimando a vida conjugal, promovendo a inclusão social e resgatando a autoestima.

O evento se destaca por proporcionar não só a proteção jurídica e garantia dos direitos civis da família e sucessões - em questões como pensão, auxílios, inventários, partilha e direito de herança -, mas a regularização de relações familiares, a valorização do afeto do casal e, consequentemente, da família, revelando-se importante fator de prevenção aos conflitos sociais, destaca a Defensoria, que organizada a ação com apoio da Coordenadoria de Projetos, Convênios e Parcerias da DPMG (CooProC).

Cerca de 8 mil pessoas já oficializaram sua união por meio dos casamentos comunitários realizados pela DPMG, que acontece em Belo Horizonte e em unidades no interior desde 2009.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Mislene Oliveira Faria

30 de julho, 2022 | 15:27

“Como faço pra me escrever no casamento comunitário??.”

Envie seu Comentário