01 de julho, de 2022 | 08:45

Investimento estrangeiro em startups brasileiras cresce no início de 2022

O mercado de startups brasileiras viu um aumento no recebimento de investimentos estrangeiros, segundo dados publicados pela Distrito. De acordo com as informações, houve um aumento no valor investido comparando o mesmo período do ano entre 2021 e 2022.

De acordo com os dados publicados, a participação dos não residentes no que diz respeito ao investimento em startups brasileiras saiu de 33% para aproximadamente 40%. Isso representa um aumento de 7 pontos percentuais o que, em se tratando de investimento externo, é um valor considerável.

Após um ano de 2021 incrível, onde as startups brasileiras receberam investimentos que ultrapassaram os 9 bilhões de dólares, 2022 também parece que será um ano de crescimento desse mercado. Afinal, apenas no início do período já foram percebidos alguns setores em que os investidores estrangeiros estão interessados em participar.
Fintechs lideram os investimentos estrangeiros

Um dos mercados que atraiu diversos investimentos estrangeiros foi o de fintech. Muito demandado pela sua capacidade de inovação e inserção de novas tecnologias, o mundo das fintechs geralmente atrai os investidores que buscam diversificar seus investimentos em busca de projetos diferenciados.

Segundo dados da pesquisa, as fintechs receberam mais de 25% do investimento total de estrangeiros em startups brasileiras no início de 2022. Em segundo lugar estão as retail techs, as quais têm como enfoque atender as demandas do setor de varejo usando tecnologias diferenciadas.

As retail techs brasileiras receberam aproximadamente 12% do total de investimento estrangeiro em startups brasileiras no início de 2022. Em terceiro na sequência estão as health techs, empresas que atuam no setor de saúde, aliando tecnologia com soluções voltadas para esse setor.

No caso das health techs brasileiras, elas foram responsáveis por 10% do valor total de investimentos estrangeiros em startups brasileiras no início de 2022. Esses números mostram que os investidores não residentes estão focados em investir em soluções tecnológicas para diferentes mercados.

Como atrair investimentos para a sua startup

Em busca de atrair investimentos para uma startup, o brasileiro tenta trazer ideias inovadoras para que investidores estrangeiros possam participar de seus projetos investindo capital. Para isso, elementos essenciais precisam ser levados em consideração pelos empresários, o que garantirá maior probabilidade de sucesso de seu projeto.

Além disso, usar recursos que estão disponíveis na internet pode ajudar a passar por etapas importantes na elaboração do projeto. Um bom exemplo é o gerador de nomes para empresas e startups. O qual ajuda o empresário a ter uma ideia para o nome da sua empresa, elemento extremamente importante para, posteriormente, permitir o desenvolvimento de um branding que chamará a atenção do investidor.

Outros pontos importantes para quem pretende atrair investimentos para a sua startup é criar um projeto que contenha todos os elementos principais. Dessa forma, quando o investidor for analisar o projeto em questão, ele saberá exatamente quais aspectos precisa observar para tomar a sua decisão.

Com esse conceito em mente, diversos empresários de startups brasileiras buscam diferenciar suas ideias de negócio para aproveitar esse boom que o Brasil vive de investimentos estrangeiros em startups. O que tende a ajudar o Brasil a se tornar uma referência nessa questão.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário