24 de junho, de 2022 | 10:00

Trabalhadores do transporte em Coronel Fabriciano terão reajuste salarial de 6%

Divulgação
Reajuste dos trabalhadores foi acordado após tarifa dos ônibus também ser elevada Reajuste dos trabalhadores foi acordado após tarifa dos ônibus também ser elevada

Após diversas reuniões e mediações, a Saritur atendeu ao apelo do Sindicato do Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Coronel Fabriciano (Sinttrocel) e concedeu uma correção salarial para todos os trabalhadores em 6%, retroativa a 1º de março de 2022. As negociações que culminaram com o acordo foram realizadas na tarde de quarta-feira (22).

A empresa garantiu ainda que a diferença salarial do mês de março será paga na folha de julho; a diferença de abril será paga no salário de agosto e a diferença referente ao mês de maio, repassada no mês de setembro. A informação é da assessoria do sindicato.

O salário do mês de junho já será pago com o reajuste de 6%. A respeito da segunda parcela do reajuste salarial, a empresa também propõe o pagamento de mais 6% a partir do mês de setembro vinculando a segunda parcela do reajuste, diante de um reequilíbrio financeiro e a renovação do contrato da empresa com o município de Coronel Fabriciano.

Proposta

A Saritur informou ao sindicato que a Administração Municipal de Coronel Fabriciano fez uma proposta de reajuste da tarifa para R$ 4,70 – conforme divulgado pelo Diário do Aço na edição desta quinta-feira (23), e aguarda a publicação do decreto municipal de reajuste da tarifa, o que foi garantido pelo representante do município. Diante do ajuste, a empresa fez a proposta de reajuste salarial aos trabalhadores.

“A Diretoria do Sinttrocel esclarece que, caso não ocorra esse entendimento entre a empresa e o município para a segunda parcela do reajuste, voltará à mesa de negociação com as partes. O pagamento do Abono será efetuado junto com o pagamento de julho de 2022, no valor de R$ 433 para o empregado que recebe acima de R$ 1.300 e de R$ 216,50 para quem ganha menos do que esse valor”, informou.

Ajuda Alimentação

O valor de R$ 435,37 de ajuda alimentação será pago a partir de 1º de março, o crédito das diferenças da ajuda do mês em questão será efetuado junto com o crédito relativo ao mês de junho; a de abril será creditada em julho; a de maio, no mês de agosto e a de junho, em setembro.

As negociações realizadas na tarde de terça-feira são válidas para os trabalhadores da Saritur e Acaiaca em Coronel Fabriciano, uma vez que já foram acertados o fechamento dos acordos para Ipatinga e Timóteo. “O Sinttrocel ressalta, mais uma vez, que não será aceita qualquer diferença do acordo feito para aos trabalhadores do transporte urbano no Vale do Aço”, reitera.

Nova audiência

Uma nova audiência será realizada para acompanhar o fechamento das negociações, agendada para o próximo dia 5/7, às 14h. “O desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) deixou claro que espera que tudo seja resolvido antes do dia 5 de julho, e que neste dia seja realizada apenas as devidas formalidades”, conclui o sindicato.

Tarifa

Em audiência realizada na quarta-feira, entre representantes do município de Coronel Fabriciano, empresas concessionárias e o Sinttrocel, mediada pela Justiça do Trabalho, foi selado um acordo para o fim do imbróglio que envolvia o transporte coletivo municipal. Após várias rodadas de negociação com o Consórcio Fabri Fácil, a administração municipal de Coronel Fabriciano informou que ficou definido o reajuste de 14,63% das passagens das linhas de ônibus municipais. Com isso, tarifa passará dos atuais R$ 4,10 para R$ 4,70. A data da entrada em vigor desse aumento ainda será divulgada. Até então, a falta de reajuste tarifário impedia o avanço na negociação salarial dos trabalhadores. Com a implantação do novo valor praticado nos ônibus, o problema deverá ser resolvido.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Gildázio Garcia Vitor

24 de junho, 2022 | 13:31

“Não repõem nem a metade da inflação dos últimos doze meses, que já passou de 12%.”

Envie seu Comentário