22 de junho, de 2022 | 18:30

Motociclista morre depois de bater em carro e atingir poste, em Ipatinga

Valdemar Barbosa de Andrade, de 63 anos, morreu vítima de um acidente de trânsito registrado na avenida José Júlio da Costa, entre os bairros Ferroviários e Ideal, em Ipatinga. Ele colidiu uma motocicleta contra um carro e, sem controle, atingiu em seguida um poste de iluminação púbica, no fim da tarde de quarta-feira (22).

O motorista L.P., de 60 anos, relatou que dirigia um Chevrolet Cobalt e sinalizou para entrar à direita, momento que surgiu o motociclista que estaria em alta velocidade trafegando pela direita. Após atingir o carro, o motociclista perdeu o controle da Honda CG 150 Fan e bateu violentamente contra um poste.

Duas unidades do SAMU foram acionadas para prestar socorro ao motociclista, contudo, ele entrou em óbito dentro de uma das ambulâncias, apesar do esforço da equipe dos socorristas. O corpo de Valdemar foi encaminhado para o necrotério do Hospital Municipal Eliane Martins, para depois ser encaminhado ao IML de Ipatinga.

A versão do motorista foi confirmada por dois passageiros do Cobalt, nenhum dos ocupantes do automóvel se feriu. O condutor de outro veículo, que estava parado nas proximidades, também presenciou o acidente e confirmou aos policiais militares toda a situação relatada anteriormente pelas testemunhas e o motorista do carro envolvido no acidente.

O local foi periciado pela Polícia Civil, que vai avaliar a dinâmica do acidente, e os pertences do motociclista foram entregues para uma pessoa conhecida da vítima. O motorista do carro, que se encontrava com a carteira vencida há mais de um mês, foi encaminhado pelos policiais militares para prestar esclarecimentos ao delegado de plantão na 1ª Delegacia Regional, como é de praxe quando há um acidente grave.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Jorge

23 de junho, 2022 | 10:38

“Pelas circunstâncias do acidente o motorista do veiculo estava na via a esquerda e de repente sinalizou em cima da hora para entrar a direita e ocasionou o acidente,a questão é como pode afirmar que o motociclista estava em alta velocidade sem nenhum equipamento de fiscalização registrou,até o momento os olhos dos seres humanos não consegue identificar a velocidade sem ajuda de terceiros,o motociclista um senhor aposentado não tem pressa para chegar em lugar nenhum,o motorista do veiculo todo irregular com a documentação,está situação se enquadra em homicídio doloso.”

Envie seu Comentário