17 de junho, de 2022 | 17:12

Ladrões arrombam porta e fazem 'limpeza' em financeira no Centro de Ipatinga

Enviada por leitor
Criminosos aproveitaram-se do feriado de quinta-feira, quando as ruas ficaram vazias e arrombaram a financeira Criminosos aproveitaram-se do feriado de quinta-feira, quando as ruas ficaram vazias e arrombaram a financeira

Policiais militares registraram na manhã desta sexta-feira (17) na avenida João Valentim Pascoal, no Centro de Ipatinga, um arrombamento e furto em uma financeira, conforme relatos de uma leitora, enviados ao Diário do Aço.

Os bandidos, possivelmente aproveitando-se do feriado de Corpus Christi, invadiram o estabelecimento e furtaram notebooks e celulares depois que tiveram acesso ao escritório.

A descoberta do furto se deu assim que os funcionários chegaram para o trabalho na manhã desta sexta-feira. Eles depararam-se com a porta arrombada e, dentro do comércio, deram pela falta de diversos equipamentos.

A Polícia Militar foi acionada para averiguação do crime e o registro do fato.
Em um balanço realizado pelos funcionários no local, segundo a PM, se constatou que os bandidos levaram oito notebooks e nove aparelhos de telefone celular, todos equipamentos eletrônicos da marca Multilaser.

Dois dos celulares eram novos e ainda se encontravam na caixa. Também foi levada uma mochila com roupas. As buscas da polícia são realizadas na tentativa de se localizar os autores do furto.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Felipe

19 de junho, 2022 | 12:24

“Esses comentário só podem ter problemas sérios de cabeça , cada coisa que comentam .

Lógico que foram moradores em situação de rua ( noiados ) andam o dia todo pedindo e olhando alvo fáceis para servirem de moeda de troca nas bocas de fumo . Região central está cheio delas é todo dia aparece mais ?zumbis ? que vem de outras cidades para Ipatinga . O que falta é cobrança efetiva , repressão ao tráfico , limpeza nas ruas , Ipatinga está abandonado e os políticos da região só pensando em eleição, falar bonito nas reuniões .”

Aqui é Eu

18 de junho, 2022 | 09:56

“O" MITO "ESTÁ GOVERNANDO, UM PAÍS QUE FOI ROUBADO, DURANTE 16 LONGOS ANOS !!”

Viewer

18 de junho, 2022 | 09:43

“Adir, o que o presidente da República tem haver com isso ?

Sério mesmo, gente como você tem sérios problemas mentais, vá se tratar !”

Marcos Guimarães

18 de junho, 2022 | 08:36

“A pergunta é:
'" A quem interessa as informações nos Notebook`s?"
Precisamos parar de pensar em crimes praticados por moradores de rua e entender que o Crime Organizado está forte e atuante no Vale do Aço, ou melhor, Vale dos Milionários!
Já prestaram atenção no porte dos carros que circulam na região em tempos de grana curta, salário achatado e inflação alta?
Não são carros de "pião de usina" que ganham mal pra dedéu.
Estes canalhas nos ultimos meses, arrombaram bancos, colocaram chupa-cabras em outras Agências dentre outros.
Não temos no Vale do aço uma Força tarefa contra crimes financeiros e por não existir essa Divisão o lugar se tornou um Paraíso Fiscal para Golpistas.
Senhor Secretário de Segurança Pública, não está na hora de tomar atitudes mais firmes contra aqueles que atuam contra o nosso Sistema Financeiro?

Até quando?”

Adélia

17 de junho, 2022 | 19:22

“Cadê as Câmera de Vigilâncias?
Moradores em Situação de Rua nem sempre se fazem esse "Serviço"!!!!

É preciso monitorar, prender, punir e não dar saidinha pra Bandidos!???”

Jose

17 de junho, 2022 | 18:52

“? preocupante essa situação, pois deve ser que haviam dados cadastrais de clientes que agora ficam expostos aos bandidos.”

Adir Ventura de Souza

17 de junho, 2022 | 18:15

“Cadê o mito motoqueiro sem capacete que só dá mal exemplo cadê?”

Envie seu Comentário