16 de junho, de 2022 | 09:02

Reforma da Câmara de Timóteo deve ser concluída em três meses

Divulgação
Ordem de serviço para a obra foi assinada nesta semanaOrdem de serviço para a obra foi assinada nesta semana

O prefeito de Timóteo, Douglas Willkys (PSB), assinou nesta semana a ordem de serviço para a reforma da sede da Câmara Municipal. A previsão é que a obra seja concluída em três meses, informou a Casa Legislativa. “A reforma, há muito tempo aguardada, vai proporcionar ao cidadão mais conforto e ao nosso servidor uma estrutura adequada para que possamos ofertar um serviço ainda melhor”, destacou o presidente da Casa, Luiz Perdigão (PSB).

Pisos, telhados, assentos do plenário e todas as instalações elétricas passarão por restaurados, dada as infiltrações, mofos e vazamentos, dentre outros problemas, que têm piorado com o passar dos anos. Além dos reparos, a acessibilidade é outro ponto que será contemplado. Os banheiros, localizados no salão de entrada, serão adaptados e em todas as paredes e portas serão colocadas sinalizações em braile, para auxiliar as pessoas com deficiência visual. “O Legislativo é, por excelência, a casa do povo. Por isso, queremos propiciar a inclusão”, observou o presidente.

Mudança

Em razão da reforma, as reuniões ordinárias, extraordinárias e de comissões serão realizadas no auditório da Prefeitura de Timóteo. O Gabinete da Presidência, Assessoria de Comunicação, Procuradoria Jurídica e o setor de Tecnologia da Informação, localizados na sede, foram remanejados para os prédios anexos do Legislativo, para que continuem funcionando normalmente. As pessoas que precisarem de algum serviço destes setores devem procurar a recepção do Anexo I, para que sejam encaminhadas.

Melhorias

A reforma da Câmara se faz necessária, tendo em vista as danificações existentes no prédio há alguns anos, destaca a Casa. Com o intuito de melhorar a estrutura para os servidores e cidadãos, algumas medidas já haviam sido tomadas, como, por exemplo, a instalação de um painel multimídia no plenário, que é utilizado também para as votações das matérias. E, com relação à acessibilidade, a Mesa Diretora, no início do ano passado, substituiu a escada de acesso à tribuna por uma rampa para que cidadãos e parlamentares com deficiências físicas possam se manifestar na tribuna.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoedi[email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário