14 de junho, de 2022 | 10:02

Colégio São Francisco Xavier completa seis décadas como referência educacional

Divulgação
CSFX iniciou suas atividades em 1961CSFX iniciou suas atividades em 1961

Neste 15 de junho, o Colégio São Francisco Xavier completa 60 anos e muitos são os motivos para comemorar. De gincana solidária a encontro com ex-funcionários, muitos foram os eventos realizados, desde o início deste ano, para celebrar as seis décadas de histórias do Colégio São Francisco Xavier, destaca a FSFX.

Criado com objetivo de garantir o ensino e a educação de qualidade aos filhos dos empregados da Usiminas e à nova comunidade que nascia ao redor da empresa, o CSFX iniciou suas atividades em dezembro de 1961. No ano seguinte, teve início o primeiro ano letivo da Instituição com 103 alunos. Nesse período, a administração da escola ficou a cargo da Congregação Religiosa “Comunidade de Jesus”, com larga experiência na atividade educacional. Inclusive, foi sob a direção do Reverendo Padre Jésus Andrés Vela que o Colégio foi oficialmente inaugurado, sendo a solenidade realizada no dia 15 de junho de 1962, tornando-se a data oficial de aniversário do CFSX. Sete anos depois, a Usiminas assumiu a administração da escola por meio da Fundação São Francisco Xavier criada em 22 de dezembro de 1969.

Quase 60 anos depois de iniciar seu importante papel na formação humana a partir do ensino e da aprendizagem, o Colégio São Francisco Xavier, atualmente sob a vigência da Fundação Educacional, torna-se referência na área educacional, tanto para região do Vale do Aço, quanto para Minas Gerais.

O CSFX foi a primeira escola do Brasil a receber certificação de qualidade ISO. Em 1997, foi certificado com o NBR ISO 9002, pela Det Norske Veritas – DNV e, em 2002, alcançou a Certificação ISO 9001, versão 2000. Atualmente, o CSFX é certificado na nova norma ISO 9001, versão 2015.

A trajetória do Colégio vem sendo construída com a participação conjunta de professores, alunos, pessoal técnico-administrativo, diretores, FSFX, FESFX, Usiminas, famílias e sociedade. Laços de uma relação que, ainda hoje, é fundamental para desenvolvimento e inovação do Colégio. “Se tudo começou com um sonho de prosperidade para a região do Vale do Aço e alcançou o patamar que temos hoje, o compromisso de toda a equipe da Fundação Educacional é dar continuidade a essa caminhada escrevendo novos sonhos”, explica a Superintendente da Fundação Educacional São Francisco Xavier, Solange Liége.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Sacapó

15 de junho, 2022 | 08:03

“Esqueceram de citar que na administração Silveira, 90% dos alunos
do ensino médio, não passavam no vestibular sem fazer cursinho.”

Envie seu Comentário