13 de junho, de 2022 | 21:07

Prêmios de artes e fotografia com inscrições abertas até 1º de julho

Estão abertas, até 1º de julho, as inscrições para a terceira edição do Prêmio Décio Noviello de Artes Visuais e do Prêmio Décio Noviello de Fotografia da Fundação Clóvis Salgado (FCS). Ambas as iniciativas são importantes ferramentas de estímulo à produção artística já consolidadas no calendário das Artes Visuais no Brasil. Podem se inscrever artistas, curadores, coletivos ou propostas coletivas de forma gratuita e exclusivamente virtual.

Divulgação/FCS
Em terceira edição, premiação contempla com exposições artistas, curadores, coletivos ou propostas coletivas Em terceira edição, premiação contempla com exposições artistas, curadores, coletivos ou propostas coletivas
A premiação contemplará dois projetos para o Palácio das Artes - galerias Arlinda Corrêa Lima e Genesco Murta -, além de dois projetos para a CâmeraSete - Casa da Fotografia de Minas Gerais , permitindo o acesso do público a diferentes linguagens artísticas, mostras relevantes e de qualidade reconhecida. O edital está disponível no site da FCS e no site da APPA e o resultado será divulgado no dia 21 de julho.

Como participar
Os trabalhos devem ser submetidos por meio da plataforma on-line ao Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Para se inscrever, é preciso criar um usuário externo. No prazo de 48 horas, o cadastro do usuário é validado, e os trabalhos já poderão ser anexados. Todas as orientações sobre o processo de inscrição, a documentação exigida e o link para acesso à plataforma estarão disponíveis no site da Fundação Clóvis Salgado (www.fcs.mg.gov.br).

Os prêmios en cada modalidade serão de R$ 10 mil para cada exposição coletiva e R$ 8 mil para as individuais, além de transporte de obras, montagem e divulgação da exposição pelas equipes de artes visuais e de comunicação da Fundação Clóvis Salgado. A instituição, também, garantirá a publicação de um catálogo das exposições. Dúvidas sobre o edital podem ser esclarecidas somente pelo e-mail [email protected]

Avaliação
Os trabalhos serão avaliados por uma comissão de seleção que contará com a participação de profissionais convidados, com notória especialização em artes visuais, além de um representante da Gerência de Artes Visuais da Fundação Clóvis Salgado. Serão avaliados os portfólios dos inscritos e os projetos apresentados conforme os seguintes critérios: qualidade e contemporaneidade, relevância estética e conceitual, originalidade e ineditismo em Belo Horizonte e adequação ao espaço físico pretendido.

Décio Noviello
Desenhista, cenógrafo, figurinista, gravurista e pintor belo-horizontino, Noviello realizou sua última exposição em vida, Cor Opção, durante a programação do ArteMinas 2018, na Fundação Clóvis Salgado (FCS).

Na abertura, o artista reviveu o happening que compunha a mostra Do Corpo à Terra, que integrou a programação de inauguração do Palácio das Artes, em 1970. Em sua trajetória, Décio Noviello também criou inúmeras cenografias e figurinos para balés, óperas e peças teatrais produzidas pela FCS, além de outras mostras de artes plásticas.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário