28 de maio, de 2022 | 08:30

Lançado novo edital para obra de pavimentação da Estrada Parque

Alex Ferreira/Arquivo DA
Como parte do processo licitatório, a visita técnica na Estrada Parque Bispo Dom Helvécio ocorrerá nos dias 8 e 9 de junhoComo parte do processo licitatório, a visita técnica na Estrada Parque Bispo Dom Helvécio ocorrerá nos dias 8 e 9 de junho

A conclusão das obras de pavimentação da Estrada Parque Bispo Dom Helvécio, que faz a ligação entre Marliéria e o Parque Estadual do Rio Doce, é prevista em um novo edital lançado pelo Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG). O valor orçado para as obras é de mais de R$ 21 milhões e o certame da licitação está marcado para o dia 22 de junho deste ano. As obras estão paralisadas desde 2012, por abandono da empresa que iniciou o projeto.

O aviso de licitação foi publicado no Diário Oficial de Minas Gerais no dia 21 deste mês. “O diretor geral do DER-MG torna público que fará realizar, através da Comissão Permanente de Licitação (CPL), às 14h, do dia 22 de junho, em seu edifício-sede, à avenida dos Andradas, 1.120, sala 1009, nesta capital, procedimento licitatório na modalidade Regime Diferenciado de Contratações (RDC), tendo como objeto a complementação da execução de melhoramento e pavimentação do trecho Marliéria – Parque Estadual Doce, com 14 km de extensão na Rodovia Municipal”, cita.

De acordo com o aviso de licitação, a visita técnica ocorrerá nos dias 8 e 9 de junho deste ano, mediante agendamento. “A entrega dos envelopes previstos no subitem 1.1 do edital deverão ocorrer até o horário previsto para o início da sessão à Comissão Permanente de Licitação (CPL)”.

Contrato devolvido

Conforme noticiado pelo Diário do Aço, no dia 1º de abril deste ano, o diretor-geral do DER-MG, Robson Santana, esclareceu que a empresa responsável pelas obras da estrada devolveu o contrato em função de um desequilíbrio físico-financeiro causado pela alta de preços, por isso a necessidade de novo edital. A empresa vencedora da última licitação foi a Ipê Engenharia, de Montes Claros, conforme divulgado no dia 29 de abril de 2021.

Licença

A licença ambiental para a execução da pavimentação da Estrada Parque Bispo Dom Helvécio foi assinada no dia 11 de fevereiro deste ano, na Superintendência Regional de Meio Ambiente (Supram Leste), em Governador Valadares. Com a superação deste impasse em torno da intervenção ambiental em área de Mata Atlântica, o DER-MG já poderia dar a ordem de serviço para o início das obras, caso a licitação estivesse concluída.

Estrada

A estrada liga a sede do município de Marliéria à portaria do Parque Estadual do Rio Doce, passando pelo Pico do Jacroá. De um total de 17 quilômetros, cinco já estão pavimentados. O serviço agora visa obras complementares do trecho já pavimentado (entre o povoado de Santa Rita e o pé da serra do Jacroá) e a pavimentação do trecho da estrada em meio à serra, até a sede do município de Marliéria.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Carlos Costa

28 de maio, 2022 | 11:38

“Gostaria de postar uma crítica construtiva. Não me levem a mal. O intuito é contribuir com o crescimento. A última vez em que fui a Marliéria, no fim do ano passado, para visitar o Mirante do Pico Jacroá, tive dificuldade em encontrar um restaurante aberto para o almoço. Nem encontrei padaria. Apenas um estabelecimento, em frente a praça, que vendia pães. Indicaram que poderia almoçar na Donana (acredito que o nome seja esse). Não tem um comércio com produtos da terra. E sei que a produção de Marliéria é vasta, do queijo aos doces, passando por biscoitos e outros quitutes. Muitas pessoas da cidade demonstram, de forma clara, que não gostam de forasteiros por lá. É preciso evoluir muito para aproveitar essa potencialidade que o Ricardo citou abaixo. É preciso um trabalho pesado do Senac, por exemplo, para preparar as pessoas a um clima de receptivo turístico. Caso contrário a estrada será apenas mais uma passagem.”

Ricardo Carneiro

28 de maio, 2022 | 11:16

“Esta ligação de Marliéria ao Parque por via pavimentada, certamente trará um incremento ao turismo desta belíssima região.
O acesso é muito importante para o crescimento exponencial da atividade turística, obviamente, cuidando, respeitando e preservando os aspectos ambientais.”

Envie seu Comentário