17 de maio, de 2022 | 17:12

Acidente entre ônibus e carreta deixa mortos e feridos no Mato Grosso

Imagens mostram que a lateral do ônibus, perto do banco do motorista, foi arrancada no acidente

Divulgação
Os socorristas ajudaram algumas pessoas a saírem pelas janelasOs socorristas ajudaram algumas pessoas a saírem pelas janelas
Um acidente entre um ônibus de viagem e uma carreta deixou oito pessoas mortas, na BR-163, em Sorriso (MT). A informação foi confirmada pelo Governo de Mato Grosso, que afirmou também que o veículo seguia da capital, Cuiabá, rumo ao município de Sinop (MT).

Imagens mostram que a lateral do ônibus, perto do banco do motorista, foi arrancada na colisão. O coletivo levava 45 passageiros e colidiu na lateral com uma carreta que transportava grãos.

A concessionária responsável pelo trecho da rodovia precisou interditar o local para resgate das vítimas que sobreviveram e retirada dos destroços. Os socorristas ajudaram algumas pessoas a sair pelas janelas. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou que o motorista do ônibus morreu preso às ferragens.

Conforme a PRF, o ônibus saiu de Cuiabá com destino a Sinop, a 503 km da capital, e faria a última parada antes da chegada. O acidente ocorreu entre Sinop e Sorriso. Já o caminhão tracionando a carreta saía de Sinop para Rondonópolis.

Nota

A Expresso Itamarati informou, por meio de nota à imprensa, que um representante da empresa foi encaminhado para o local do acidente para dar suporte às vítimas e familiares.

Atualização de dados

Nesta quarta-feira (18) autoridades confirmaram oficial o total de 15 pessoas que ficaram feridas e precisaram de atendimento médico-hospitalar. Entre os feridos estão sete mulheres, cinco homens e três crianças, que foram socorridos em hospitais localizados em Sinop e Sorriso.

Oito pessoas morreram: Clayton Silva, de 37 anos, Pedro Henrique Rodrigues Leal Pinto, de 21 anos, Brenda Nunes Ronsoni, de 24 anos, Deborah Costa de Almeida, de 21 anos, Maria Carneiro, de 61 anos, Alfredo Lopes de Silva, de 65 anos, Sidinei de Oliveira Cardoso, de 48 anos, e seu filho Carlos André Fidelis Cardoso, de 14 anos. Os corpos serão sepultados em Sinop, Cuiabá, Nova Mutum, Água Boa, Pontes e Lacerda.

A Polícia Rodoviária Federal informou que o ônibus havia saído de Cuiabá com destino a Sinop. A saída da capital foi por volta 22h de segunda-feira. O relatório da polícia aponta que o coletivo da empresa Itamarati havia apresentado problemas mecânicos em Lucas do Rio Verde, onde ficou parado por aproximadamente quatro horas, até ser liberado para seguir viagem. Somente o trabalho da perícia poderá apontar se o acidente tem relação com esse fato. Preliminarmente, ficou constatado no local do acidente que o coletivo invadiu a pista contrária, quando atingiu um caminhão Volvo puxava uma carreta carregada com grãos.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário