17 de maio, de 2022 | 17:11

Homens denunciados por tentar matar cinco policiais em Itabira são condenados a penas que chegam a quase 50 anos de reclusão

(MPMG)
O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) obteve decisão favorável em julgamento realizado no Tribunal do Júri de Itabira, na região central do estado, para condenar dois homens pela prática de tentativas de homicídio contra policiais militares, além de roubo qualificado, receptação, associação criminosa e resistência, crimes praticados em julho de 2020, no bairro Amazonas. Um deles foi condenado à pena de 49 anos, oito meses e 20 dias de reclusão, e o outro a 44 anos, três meses e 15 dias de prisão, ambos sob o regime fechado.

Outras duas pessoas também foram condenadas pelo Júri. Um terceiro homem foi condenado a 10 anos de reclusão pelos crimes que antecederam às tentativas de homicídio; e uma mulher, a um ano e quatro meses de prisão, por auxiliar os demais denunciados a se esconderem de ação policial. Conforme a decisão, apenas ela terá o direito de recorrer em liberdade. Os demais condenados já se encontram presos.

Conforme a denúncia do MPMG, os crimes foram praticados no dia 15 de julho de 2020, quando os três homens roubaram uma residência mediante o uso de arma de fogo e grave ameaça às pessoas que estavam no imóvel. Logo após subtraírem celulares, monitores e televisores da casa, além de um veículo que estava estacionado na rua, para assegurar a impunidade e vantagem do crime, eles tentaram matar cinco policiais militares que os abordaram durante a fuga do local.

A denúncia aponta que, depois que conseguiram sair do cerco da polícia, os denunciados entraram em uma residência situada no Bairro Gabiroba, que já estava com a porta aberta. “Neste momento, com a aproximação de várias viaturas, os denunciados fecharam o portão rapidamente e efetuaram outros disparos de arma de fogo contra os policiais”, apontou o MPMG. Os três homens foram presos quando tentavam fugir do local, onde a polícia apreendeu armas e munições.

Durante as investigações, foi apurado que os denunciados se associaram com o objetivo de cometer crimes, uma vez que são membros de organização criminosa estabelecida na região de Itabira e estão em disputa por ponto de tráficos de drogas com a organização criminosa do bairro Nova Vista.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário