14 de maio, de 2022 | 11:33

Barraca de frutas seria ponto de tráfico de drogas na BR-116, em Inhapim

Divulgação Polícia Militar
O cão Lion, da Rocca do 14º BPM, participou das buscas para a localização das drogas apreendidasO cão Lion, da Rocca do 14º BPM, participou das buscas para a localização das drogas apreendidas

Drogas foram apreendidas durante uma operação da Polícia Militar desencadeada no fim da tarde de sexta-feira (13) em uma barraca de frutas, que seria utilizada também para a venda de entorpecentes, e uma casa, ambas à margem da BR-116, no Córrego Cachoeirão, em Inhapim. Um homem de 56 anos, o filho, de 27, e um adolescente foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Caratinga.

Conforme informou a PM, em virtude de denúncias recebidas, foi dado o cumprimento do mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça. Na barraca de frutas foram localizados papelotes de cocaína, barras de maconha e dinheiro. Já na residência dos suspeitos os militares encontraram mais drogas, munição e outros objetos.

O cão Lion, da Rondas Ostensivas com Cães Adestrados (Rocca) do 14º Batalhão de Ipatinga, foi empenhado na operação e conseguiu farejar o local onde estavam escondidas duas barras grandes de maconha, outras porções menores da mesma substância, arma de fogo e munição, dois vasos de cannabis sativa, a planta da maconha, entre outros materiais.

Ao todo foram apreendidos R$ 521, 58 papelotes de cocaína, 21 tabletes de maconha, duas barras da mesma droga, sacolinhas plásticas, rolo de plástico-filme, espingarda, 251 cartuchos de calibre 22 e outros materiais.

De acordo com sargento Moura, que participou da operação e informou à equipe da TV Super Canal, a quantia de dinheiro apreendida pode ser proveniente da venda de drogas. O caso foi repassado ao delegado de plantão na delegacia de Caratinga.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário