11 de maio, de 2022 | 17:21

Ipatinga dá sequência à revisão do Plano Diretor

Divulgação
Fase de consulta à população sobre o diagnóstico preliminar teve início nesta terça-feira, com as Reuniões do Conselho da CidadeFase de consulta à população sobre o diagnóstico preliminar teve início nesta terça-feira, com as Reuniões do Conselho da Cidade

Com o lema “Construindo a Cidade do Futuro”, a administração de Ipatinga deu início, nesta terça-feira (10), a mais uma fase do processo de revisão do Plano Diretor do município (Lei n° 3.350/2014). O processo que consiste em seis etapas, já passou pela pactuação da metodologia e segue agora para a consolidação do diagnóstico preliminar, por meio das reuniões com o Conselho da Cidade, oficinas territoriais com a população e Audiência Pública, informou o governo municipal.

O Plano Diretor é previsto pela Constituição Federal e disciplinado pelo Estatuto da Cidade, além de ser um instrumento básico da política de desenvolvimento e expansão urbana. Sua revisão tem o objetivo de alinhar o projeto à realidade atual da cidade, identificando as necessidades de cada regional e propondo soluções, a fim de fomentar um futuro melhor e ecologicamente mais equilibrado no município.

Nesta 3ª etapa, ocorrem as reuniões com o Conselho da Cidade, realizadas no plenário da Câmara Municipal. Durante três dias (10 a 12 de maio), os envolvidos estão tratando temas como planejamento, gestão de solo, transporte, trânsito e mobilidade, além das bases de habitação, saneamento e meio-ambiente do Plano Diretor, apresentados pela advogada, mestra e doutora, Mariana Chiesa, da Fundação Instituto Administração (FIA).

Oficinas de Diagnóstico

Dos dias 17 a 21 de maio, serão realizadas nove oficinas territoriais de acordo com as regionais da cidade, que culminarão com a Audiência Pública, no dia 23 de maio, às 18h, no plenário da Câmara Municipal.

O prefeito Gustavo Nunes reiterou a importância de todo o processo de revisão do Plano Diretor, e convocou a população ipatinguense para participar desta construção, comparecendo às oficinas e também na Audiência Pública.
“Em um grande esforço envolvendo várias secretarias, a Prefeitura de Ipatinga deu início à revisão do Plano Diretor. A previsão é que dentro de nove meses já tenhamos executado todas as seis etapas, que finalizam com o envio do Projeto de Lei para aprovação da Câmara, onde constará todo o material desenvolvido com a ajuda da comunidade. Por isso, reforço a importância da participação popular nas oficinas e na Audiência Pública, que serão realizadas no período de 17 a 23 de maio”, concluiu.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Aloísio S. Vasconcelos

12 de maio, 2022 | 08:42

“Bom dia. Devemos estar atentos com o plano diretor para que não seja mudado para favorecer grandes empresários, porque querem construir prédios de qualquer jeito, principalmente no bairro Cariru, Todos nós já sabemos o quanto isso afeta a qualidade de vida, como já foi demonstrado em várias palestras. Mais poluição, mais calor, mais problemas de esgoto, etc. Fiquemos atentos !”

Junior

11 de maio, 2022 | 18:12

“Convido a todos que tem sofrido para regularizar imoveis em Ipatinga, sofrido para aprovar um projeto, sofrido no trânsito caótico de nossas avenidas, a comparecerem nas oficinas e audiências publicas, e não deixar que apenas as grandes construtoras manipulem essas leis beneficiando apenas seus proprios interesses em detrimento de todo o restante da população.”

Envie seu Comentário