10 de maio, de 2022 | 14:23

Aprovados em concurso público de Timóteo serão convocados a partir de junho

O concurso público para o provimento de cargos efetivos na administração municipal de Timóteo foi homologado nesta terça-feira (10), informou o governo. Lançado no Edital nº 001/2019, o certame que foi conduzido pela Fundação Cefetminas teve atrasos por causa da pandemia.

Ao todo, se inscreveram para participar do certame 14.074 candidatos para 269 vagas em 75 cargos disponíveis na administração municipal. Desses mais de 14 mil, cerca de 8 mil pessoas compareceram para fazer as provas que foram realizadas no dia 6 de fevereiro.

Após a homologação pelo prefeito Douglas Willkys, a Secretaria Municipal de Administração e Gestão elaborou um cronograma para começar a chamar os aprovados de acordo com as prioridades do serviço público e a disponibilidade orçamentária e financeira da administração. A convocação dos aprovados, prevista para começar a partir a partir de junho, será feita por meio de correspondência com Aviso de Recebimento (AR).

Para a secretária de Administração e Gestão, Simone Araújo, a sensação com a homologação do concurso público de Timóteo é de dever cumprido. “A homologação é a confirmação de que o processo está concluído e de que a administração já pode começar a fazer as nomeações”, explicou Simone, lembrando que a realização do concurso para o preenchimento de vagas no serviço público ocorreu sem transtornos ou polêmicas.

Com isso, segundo a secretária, o município vai começar a recompor o quadro do funcionalismo, o que irá se refletir na melhoria da qualidade de prestação dos serviços públicos. Após serem chamados, os aprovados deverão apresentar uma série de documentos, passar por exames médicos e, ao serem nomeados, passar pelo período de três anos de estágio probatório, que é o período inicial em que o candidato será avaliado e, se aprovado, terá a estabilidade no serviço público.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário