09 de maio, de 2022 | 22:40

Corpo de homem assassinado a tiro é encontrado no Vale do Aço

Sem identificação, corpo estava caído em um matagal nas proximidades de uma fábrica de pipocas

Corpo poderá ser identificado nesta terça-feira no IML em Ipatinga Corpo poderá ser identificado nesta terça-feira no IML em Ipatinga

Foi reconhecido como William Teles Alves, de 45 anos, morador da rua Havai, no bairro Santa Cruz, em Coronel Fabriciano, o corpo de um homem que está no Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga desde a noite de segunda-feira (10). Ele foi localizado na tarde desta segunda-feira (9) em uma área de mata nas proximidades da fábrica de pipocas Plinc, na zona rural de Antônio Dias. A vítima apresentava sinais de execução com um tiro na altura da nuca, conforme avaliações iniciais da perícia da Polícia Civil. O cunhado foi conduzido para a delegacia como suspeito de envolvimento no crime.

O corpo de William foi encontrado caído em um matagal distante cerca de 1,5 Km do trevo de acesso à fábrica de pipocas, área conhecida como Horto Baratinha, entre os municípios de Antônio Dias e Coronel Fabriciano. O 58º Batalhão foi informado sobre o cadáver e a área foi isolada para o trabalho pericial da Polícia Civil.
Enviada por leitor
O corpo estava caído em um matagal e apresentava uma perfuração de tiro na nucaO corpo estava caído em um matagal e apresentava uma perfuração de tiro na nuca

A pessoa, que não foi identificada inicialmente, estava sem camisa e usava bermuda com a cor de tonalidade entre a azul e cinza e também uma cueca vermelha, além de estar de chinelos. Ele apresentava uma perfuração de disparo de arma de fogo na região da nuca.

Sem qualquer documento que o identificasse, o corpo deste homem foi removido ao IML de Ipatinga para ser necropsiado na manhã desta terça-feira, quando será feita a identificação oficial. A esposa, Helenice, já informou que se trata de William Teles Alves, de 45 anos.

Segundo apurou o Diário do Aço, os policiais militares verificaram que o corpo apresenta algumas tatuagens no antebraço direito com os dizeres “Helenice, amor da minha vida” e na altura do ombro outra do “Palestra Itália”.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário