07 de maio, de 2022 | 09:29

População prende homem que mostrava os genitais para mulheres em Santana do Paraíso

Enviada para o portal Diário do Aço
Os moradores imobilizaram o suspeito dos atos obscenos até a chegada da viatura policial no bairro Residencial ParaísoOs moradores imobilizaram o suspeito dos atos obscenos até a chegada da viatura policial no bairro Residencial Paraíso
Um homem de 40 anos escapou por pouco, de ser linchado, acusado de mostrar o órgão genital para mulheres no bairro Residencial Paraiso, em Santana do Paraíso. Pelo menos três vítimas denunciaram C.A.F.S. que, depois de fugir da polícia, foi preso por moradores na tarde de sexta-feira (6) até a chegada da Polícia Militar.

Uma jovem de 24 anos relatou que saiu do trabalho e foi pegar a bicicleta que se encontrava trancada, em frente à casa do suspeito. Enquanto ela destrancava a corrente, C.A. chegou no portão e ficou balançando o pênis na direção à vítima.

Algumas pessoas, ao tomarem conhecimento, foram em direção ao indivíduo, que fugiu correndo pela rua Aracaju e desapareceu por um pasto. Uma equipe da PM foi acionada e pegava os dados do ocorrido, quando outras duas mulheres e testemunhas relataram que C.A. já teria feito o mesmo ato ao longo dos últimos dias.

Os policiais saíram em busca mas, naquele momento, não conseguiram localizar o autor dos atos obscenos. Porém, no fim da tarde, a PM foi novamente acionada e informada que o acusado havia sido localizado por moradores e preso.

C.A. foi imobilizado por populares e encontrava-se com as pernas e braços amarrados com uma corda. Para evitar um linchamento público do suspeito, os PMs colocaram o indivíduo no cofre da viatura. Eles levaram o homem para ser medicado no posto de saúde de Santana do Paraíso.

Quando policiais retiraram a corda, C.A. tentou fugir. Teve que ser novamente algemado para receber atendimento médico, pois apresentava ferimentos sofridos ao ser preso pela população. Depois de medicado, o homem foi encaminhado para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Ipatinga e passa a responder pelo ato libidinoso.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: fal[email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

M.h

09 de maio, 2022 | 06:47

“Marcelo então leve para casa e cuide”

Carlos Massa

08 de maio, 2022 | 16:04

“Isto nao é loucura e sim má índole, vagabundo! Cana nele e uns "tapinhas" nao faz mal!!!”

Sr.sincero

08 de maio, 2022 | 07:20

“MRCELO - Muito bonito seu discurso para trabalho didático de curso de psicologia...mas o mundo real é diferente da faculdade, queria ver se fosse uma filha sua que estivesse passando por este constrangimento você teria a mesma opinião.”

Marcelo Costa G.

07 de maio, 2022 | 18:33

“Gente, gente, justiçamento não é JUSTIÇA. É barbárie. Há sinais claros que se trata mais de um caso de psiquiatria do que de polícia. Depois, me parece um indivíduo com sofrimento mental, que a luta antimanicomial colocou nas ruas, sem o devido amparo da saúde pública para cuidar desse tipo de coisa. Que fique claro. Não defendo hospícios que geraram o holocausto brasileiro de Barbacena. Mas se não teremos hospícios, que os CAPs ou NAPs ou seja o que for, funcionem de fato. Pronto, falei.”

Envie seu Comentário