05 de maio, de 2022 | 16:21

Jovem preso com pistola em escola de Joanésia vai responder por porte ilegal de arma de fogo

Wellington Fred
O jovem levou para a escola a pistola Imbel (preta) municiada e a outra arma, em inox, foi apreendida pela Polícia Militar na residência do aluno; ambas têm registro e serão restituídas ao proprietário O jovem levou para a escola a pistola Imbel (preta) municiada e a outra arma, em inox, foi apreendida pela Polícia Militar na residência do aluno; ambas têm registro e serão restituídas ao proprietário

O jovem de 18 anos que foi preso ao ser encontrado com uma pistola semiautomática de calibre .40, em uma escola pública de Joanésia, vai responder na Justiça da Comarca de Mesquita por porte ilegal de arma de fogo. A informação é da delegada Talita Martins Soares, responsável pelo inquérito acerca do caso descoberto na terça-feira (3), pela manhã.

Conforme já divulgou o Diário do Aço, o jovem se apropriou da arma do pai para ameaçar um aluno de 15 anos que estuda em outra turma, na mesma instituição de ensino. A pistola de calibre .40 é registrada, contudo o jovem aproveitou que o pai estava no trabalho em Coronel Fabriciano para pegá-la sem o conhecimento dele.

O caso foi registrado na Escola Estadual Professor Antônio Marciano, em Joanésia. Assim que a vítima da ameaça informou sobre o ocorrido, os funcionários levaram o estudante de 18 anos para a secretaria escolar e, durante a conversa com ele, o jovem retirou a arma municiada da mochila e a entregou à coordenação da escola. O caso é acompanhado pela Superintendência Regional de Ensino (SRE) Coronel Fabriciano.

Depoimentos

A delegada Talita Martins Soares informou nesta quinta-feira (5) que já ouviu todos os envolvidos no caso e o inquérito será encaminhado para a Justiça. O jovem de 18 anos, que estuda no 3º ano do Ensino Médio, confirmou em depoimento que se sentiu ameaçado diante dos olhares do adolescente de 15 anos, este da turma do 1º ano.

Surgiu uma informação que o motivo da rixa entre os dois envolvidos seria por causa de uma adolescente, mas o preso negou. “A única coisa que ele fala é que a vítima fica lhe encarando”, comentou Talita ao confirmar que o jovem vai responder pelo delito de porte ilegal de arma de fogo. O jovem ainda se encontra recolhido ao Sistema Prisional do Vale do Aço.

Talita explicou que o pai do jovem não será responsabilizado pela omissão de cautela da arma, pois apurou-se que a pistola estava devidamente guardada, em um local seguro e secreto da residência da família. Tanto a pistola de calibre 40 recolhida com o estudante, bem como a outra apreendida pela Polícia Militar, Taurus inoxidável de calibre 380, possuem registros e deverão ser devolvidas ao proprietário.




Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário