Expo Usipa 2024 02 - 728x90

25 de fevereiro, de 2022 | 06:58

Estreitamento de pista na BR-381 gera fila com três horas de espera

Reprodução de vídeo
Estreitamento de pista ocorre no Km 404 da BR-381 em Bom Jesus do Amparo: motoristas reclamam que ficam até três horas da fila, a partir do trevo de ItabiraEstreitamento de pista ocorre no Km 404 da BR-381 em Bom Jesus do Amparo: motoristas reclamam que ficam até três horas da fila, a partir do trevo de Itabira

A semana chegou ao fim sem que fosse solucionado o estreitamento de pista no Km 404 da BR-381 em Bom Jesus do Amparo, onde uma encosta cedeu, em um trecho de rodovia duplicada, na madrugada de terça-feira (22).

Conforme comunicação da Polícia Rodoviária Federal, o trânsito flui precariamente em apenas uma faixa da pista sentido a Belo Horizonte. “Continua grande o congestionamento. Se possível, evite trafegar pelo local”, alerta a PRF. Na pista sentido ao Vale do Aço, o trânsito flui normalmente no Km 404 da BR-381.

Na noite de quinta-feira, motoristas que passaram pelo local informaram em mensagens enviadas ao Diário do Aço, que o tempo médio para percorrer 10 quilômetros, entre o trevo de Itabira e o Km 404, é de três horas.

Com a chegada do fim de semana, antevéspera de feriado prolongado, a situação pode ficar ainda mais complicada. Os motoristas também afirmam que na área do deslizamento há espaço para construir outro desvio. Dessa forma, a pista sentido a Ipatinga passaria a ser a mão de direção para a capital e a viagem para o Vale do Aço passaria a ser feita pelo desvio lateral. “O que o Dnit está esperando para providenciar isso aqui? Se chover mais, essa encosta vai acabar de entupir a pista sentido BH. A boca aqui não está boa”, afirma um caminhoneiro.
Divulgação PRF
''A boa aqui não está boa''A boa aqui não está boa", afirma caminhoneiro que diz ter ficado três horas na fila de espera a fim de passar pelo local do estreitamento de pista no Km 404 da 381

Outros desvios e estreitamento de pista

Conforme já noticiado esta semana, há outros desvios e estreitamento de pista que complicam a vida de quem precisa trafegar entre Belo Horizonte e o Leste de Minas Gerais.

Em Nova Era, o desvio no Km 321, onde desceu uma encosta em 14 de janeiro, permanece com o tráfego lento, à margem do talude que desabou.

Bela Vista de Minas

Um pouco mais à frente, no km 342, em Bela Vista de Minas, motoristas que passam pelo local devem pegar desvio à direita, no sentido ao Vale do Aço, por causa de um afundamento à margem da pista sentido a Belo Horizonte.

Condutores reclamam que o desvio está mal sinalizado e, à noite, no sentido Vale do Aço é preciso ficar atento para não entrar pela contramão. A pista de asfalto é somente para quem segue sentido à capital. O desvio em cascalho é para quem desce sentido a Ipatinga.

Obras em Sabará

Outra retenção permanece, pela segunda semana consecutiva, no Km 541, na entrada de Sabará, perto do posto da Polícia Rodoviária Federal, onde há interdição parcial da rodovia por causa de obras para conter uma erosão à margem da pista sentido a capital mineira.
Ferreira Oliver Drone
Situação do talude em frente ao posto Veraneio, em Antônio Dias Situação do talude em frente ao posto Veraneio, em Antônio Dias

Antônio Dias

Há, também, um estreitamento de pista em frente ao posto Veraneio, em Antônio Dias, onde uma encosta ameaça vir abaixo e entupir a rodovia. O problema ocorre em um trecho do lote 3.1 das obras de duplicação da BR-381, paradas desde o ano passado.

BR-262

A outra situação crítica, há 35 dias, é a completa interdição da BR-262 em Abre Campo. No Km 96 um talude desceu, depois que a encosta sofreu uma erosão provocada por um córrego. O talude rompeu, engolindo construções, e atingiu a pista de rolamento.

Há um desvio construído por particulares, que comporta a passagem apenas de veículos de passeio. Entretanto, nem sempre esse desvio está aberto, o que deixa a viagem incerta. A BR-262 é uma das principais ligações da Zona da Mata mineira com a capital. É também a principal ligação rodoviária de Belo Horizonte com Vitória (ES).

Kaizer Hobby
Desvio para meia pista em Bela Vista de Minas Desvio para meia pista em Bela Vista de Minas
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Jose Geraldo Lopes

25 de fevereiro, 2022 | 11:38

“Olá boa tarde. Eu não entendo porque o DNIT não envia máquinas e pessoas para dividirem a pista onde a barreira desceu em Bom Jesus do Amparo. Na minha forma leiga de pensar, é somente arredar a mureta que divide a pista até que faça um serviço definitivo. Custa menos no momento, inclusive para quem está viajando.”

Rozmayre

25 de fevereiro, 2022 | 09:15

“Bom dia

O local tem pistas duplicadas ao lado, por que não abrir a divisoria e normalizar o transito”

Carlos Roberto Martins de Souza

25 de fevereiro, 2022 | 07:38

“Se o Brasil tivesse um governo, e não um patrocinador de guerras, um moleque na presidência, com certeza não estaríamos vendo o caos nas estradas. Por onde ando vejo o descaso deste miliciano, o negócio dele é comprar apoio com agrados a quem estiver disposto a falar bem do capeta e do inferno. A igreja evangélica é um lugar onde "crentes", que não se conhecem e não se odeiam, se matam, por decisões de velhos políticos que se conhecem e se odeiam, mas não se matam. Homens que promovem o ódio como meio de manterem suas mordomias.”

Carlos Costa

25 de fevereiro, 2022 | 07:28

“Sabem o qie é mais curioso nisso tudo? A cobrança do IPVA não parou, as multas não deixaram de ser aplicadas pelos radares, a canetada da polícia rodoviária não parou. O estado é uma máquina famita por arrecadação e não entrega um serviço à altura.”

Envie seu Comentário


MAK SOLUTIONS MAK - 300X250