26 de janeiro, de 2022 | 07:51

Facada no pescoço mata homem durante briga com amásia e o enteado, em Timóteo

Wellington Fred
Mãe e filho foram encaminhados para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga durante a noiteMãe e filho foram encaminhados para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga durante a noite

Mãe e filho foram conduzidos para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Ipatinga, na noite de terça-feira (25), depois da morte de Douglas Limas Damasceno, de 31 anos. A vítima e a companheira entraram em discussão na rua São Paulo, no bairro Alvorada, quando um jovem de 19 anos foi acudir a mãe e houve a facada fatal.

Gabriel Luiz Almeida Silva do Nascimento, de 19 anos, relatou aos policiais militares que presenciou o padrasto agredindo a Glaucione Almeida Barbosa, de 40 anos. Ele foi em socorro da mãe e pediu para que o agressor parasse, quando teria sido chamado para a briga.

Neste momento, a mulher pegou uma faca na cozinha com o objetivo de intimidar o companheiro para que cessasse as agressões. Porém, Douglas tentou tomar a faca da mulher e a arma branca caiu. O jovem resolveu se apoderar da faca, quando o padrasto teria partido para cima do enteado.

O jovem afirma que, temendo ser agredido pelo homem que é mais alto, se abaixou e colocou a faca na frente para se proteger, gesto que provocou um corte no pescoço de Douglas. Mesmo ferido, ele ainda teria agredido Gabriel até que enfraqueceu diante da perda de sangue.

Já Glaucione alegou que tem algum tempo que vem sendo perturbada pelo companheiro, que seria usuário de entorpecentes, e ainda já sofreu agressões por parte dele. A confusão que terminou na morte de Douglas teria ainda sido presenciada por uma amiga da mulher, que a visitava. Ela estava em choque e não soube informar muita coisa sobre o fato, mas disse que tentou estancar a hemorragia na vítima.
Reprodução
Douglas foi socorrido pelo pai, mas não resistiu a facada no pescoço e morreu antes de receber atendimento médicoDouglas foi socorrido pelo pai, mas não resistiu a facada no pescoço e morreu antes de receber atendimento médico

O pai de Douglas foi informado da situação e socorreu o ferido em um veículo, levando-o para o Hospital Vital Brazil, onde deu entrada já sem vida. A vítima foi atingida por um golpe na região conhecida como “fúrcula external”. O homem disse aos PMs que a nora, momento antes do fato, havia pedido para tirar Douglas da casa, já que ele estaria bêbado. “Vou cortar o pescoço dele”, teria dito a mulher.

A faca usada no crime, inicialmente, não foi localizada, mas durante os trabalhos da perícia uma faca foi recolhida e será analisada para a confirmação se foi a arma utilizada no homicídio. Mãe e filhos, depois de serem medicados dos ferimentos sofridos na confusão, foram encaminhados para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga.

Gabriel foi atuado em flagrante e recolhido ao Sistema Prisional do Vale do Aço para ficar à disposição da Justiça. A mulher prestou depoimento e foi liberada. O corpo da vítima foi sepultado no fim da tarde de quarta-feira no Cemitério Jardim da Saudade, no bairro Santa Maria, em Timóteo, mesmo local onde ocorreu o velório.



Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário