13 de janeiro, de 2022 | 10:00

Macrorregião do Vale do Aço receberá mais de 1,5 mil testes rápidos de covid-19

Arquivo DA
O resultado do teste rápido é disponibilizado em cerca de 15 a 20 minutosO resultado do teste rápido é disponibilizado em cerca de 15 a 20 minutos
A Superintendência Regional de Saúde (SRS), em Coronel Fabriciano, receberá mais de 1.551 testes rápidos para detecção de antígeno covid-19. A expectativa é que chegue nesta semana para que comece a ser distribuído para os municípios da macrorregião do Vale do Aço. A informação foi confirmada ao Diário do Aço pelo superintendente regional de Saúde, Ernany de Oliveira.

A partir desta segunda-feira (12), a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) começou a distribuir um total de 1.081.690 testes rápidos para detecção de antígeno covid-19, sendo 966.245 destinados aos municípios e 115.445 para a população quilombola. Com o envio dos testes, a SES-MG pretende expandir o diagnóstico da covid-19 em larga escala, a fim de monitorar a situação epidemiológica e direcionar os esforços na contenção da pandemia no Estado.

A nova remessa de testes encaminhada pela SES-MG será entregue às Unidades Regionais de Saúde, que realizarão a distribuição imediata para os municípios que se encontram sob a sua região de abrangência. Os 966.245 testes rápidos de antígenos em distribuição foram encaminhados à SES-MG pelo Ministério da Saúde e deverão ser utilizados na testagem de todos os casos suspeitos de covid-19, mesmo aqueles com a forma leve da doença, recomendando-se a testagem a partir do primeiro dia de início de sintomas.

Resultado
O resultado do teste é disponibilizado em cerca de 15 a 20 minutos e pode ser realizado no local de atendimento dos casos. Se o paciente apresentar sintomas de covid-19 e apresentar resultado negativo no teste de antígeno, a SES-MG recomenda a realização de nova coleta de amostra e a realização de RT-PCR nos laboratórios de referência da rede estadual.

Histórico
Desde o início da pandemia de covid-19 em 2020, a SES-MG disponibilizou aos municípios a testagem dos casos por meio de três técnicas distintas, de acordo com o cenário epidemiológico ao longo da pandemia e as recomendações do Ministério da Saúde. Foram realizados, até o dia 8 de janeiro de 2022, 988.810 testes do tipo RT-PCR na rede pública de laboratórios do Estado. Adicionalmente, desde 2020, foram encaminhados aos municípios 1.138.580 testes rápidos para detecção de antígeno e 776.460 testes rápidos para a detecção de anticorpos.

Taxa de positividade
Na última semana epidemiológica (2 a 8/1/2022) Minas Gerais registrou uma taxa de positividade de 9% nos testes RT-PCR realizados na rede. Quanto à taxa de positividade dos testes rápidos de antígeno, devido à instabilidade no E-SUS, sistema oficial do Ministério da Saúde usado para notificação da testagem, não é possível obter dados atualizados para fazer tal análise. Entretanto, dados da capital mineira, onde o monitoramento da taxa tem sido realizado, indicam uma positividade de 17,7% nos testes rápidos de antígeno realizados entre os dias 1 e 7 de janeiro de 2022.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário