11 de janeiro, de 2022 | 12:54

Copasa afirma que abastecimento de água na região está sendo normalizado ao longo desta terça-feira

Divulgação
Além de lidar com pontos de alagamento, moradores sentem a falta de abastecimento de águaAlém de lidar com pontos de alagamento, moradores sentem a falta de abastecimento de água

A chuva intensa que atingiu o Vale do Aço desde o último fim de semana fiz com que o nível do rio Piracicaba atingisse 9,20 metros. A cota de inundação é de 6,20 metros. Essa situação provocou paralisação de parte do sistema de captação de água pela Copasa nos poços profundos, no bairro Mangueira, em Coronel Fabriciano, de onde a companhia extrai a água que abastece cidades do Vale do Aço. Nesta terça-feira (11), as pessoas ainda sofriam com problemas de abastecimento.

Em nota enviada nesta terça-feira, a Copasa informou que abastecimento de água na cidade de Ipatinga e em alguns bairros de Timóteo, Santana do Paraíso e Coronel Fabriciano seria normalizado ao longo do dia, de forma gradativa.

A Copasa ainda pediu compreensão dos moradores e recomendou que, com o fornecimento normalizado, o consumidor deve evitar o desperdício de água para preservar o acesso a todos. Os locais mais atingidos pela intermitência no fornecimento são: Timóteo, nos bairros Alphaville, Distrito Industrial, Limoeiro, Recanto do Sossego e Recanto Verde; Santana do Paraíso, nos bairros Águas Claras, Bom Pastor, Cidade Nova, Chácaras do Vale, Jardim Vitória, Parque Caravelas e Residencial Bethânia; e Coronel Fabriciano, no bairro Amaro Lanari.

Também por meio de nota, a administração municipal de Ipatinga alertou que se o nível do rio continuar a subir poderá ser necessário reduzir ainda mais a captação de água, por isso a importância de a população ter ciência da necessidade de economizar.

Na tarde de terça-feira, entretanto, a reportagem do jornal Diário do Aço esteve na área dos poços profundos da Copasa, no bairro Mangueiras e confirmou que a água já mais cobria as estruturas, que ficam à margem da avenida Rubens Siqueira Maia.

Ações

A companhia destacou, por meio de nota, que atua na recuperação do sistema de abastecimento de água o mais rápido possível. Na manhã de terça-feira, a Copasa informa que firmou uma parceria com a Usiminas para fornecer água aos moradores dos bairros Bom Retiro, Imbaúbas, Areal e Bela Vista, em Ipatinga. Acrescentou que já foram religados quatro poços e a previsão era que mais três fossem religados na noite desta terça-feira.

Em Timóteo, a Copasa disponibilizou caminhões-pipa para diminuir o impacto do desabastecimento do bairro Cachoeira do Vale. Até o momento, a vazão da Estação de Tratamento de Água do Sistema Integrado do Vale do Aço é de 490 l/s.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Gleicy

13 de janeiro, 2022 | 11:16

“Moro no vila celeste água acabou no domingo estamos sem água caixa d água está vazia só fui saber q iria falta água na terça feira e já não tinha água na rua”

Lucirley Gonçalves Ferreira Campos

11 de janeiro, 2022 | 20:12

“Acho uma falta de respeito com a população. Houve transtornos com os equipamentos da COPASA fato, mas não informar o consumidor, simplesmente cortar o fornecimento e só depois que estamos sem água resolveram soltar uma nota. Outra coisa, moro no Iguaçu e desde domingo à noite estamos sem água, esses bairro não é citado na reportagem. A gente que se vire sem água, afinal, no final do mês a conta chega do mesmo jeito né?.”

Envie seu Comentário